06:58 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Donald Trump

    Mídia: conselheiro de Trump pode se tornar embaixador na Rússia

    © flickr.com / Gage Skidmore
    Américas
    URL curta
    222

    Diplomatas americanos receiam que um dos conselheiros de Trump possa se tornar embaixador dos EUA na Rússia.

    O corpo diplomático americano está preocupado com o fato de se o bilionário Donald Trump for eleito, ele possa enviar para a Rússia como embaixador um dos seus conselheiros.

    A respectiva informação foi divulgada nesta segunda-feira (3) pela edição europeia do jornal americano Politico.

    "A simpatia de Trump pela Rússia cria inquietação no corpo diplomático," escreveu.

    A publicação cita palavras do ex-embaixador americano na Rússia Michael McFaul, que está preocupado "com várias constatações relativamente à Rússia que foram feitas por conselheiros de Donald Trump". O diplomata destacou também que "não ficaria surpreendido" se um destes conselheiros se tornasse o próximo embaixador na Rússia.

    No sábado passado, a publicação Daily Beast informou que a maioria republicana no Congresso dos EUA está bloqueando as tentativas de democratas para iniciar a investigação de possíveis ligações do presidenciável republicano com a Rússia. Segundo a informação divulgada, os democratas prepararam um apelo por escrito ao FBI (Agência Federal de Investigação) para a realização da investigação. Mas os senadores e membros republicanos da Câmara dos Representantes (câmara baixa) negaram assinar o apelo.

    Mas sem unanimidade com os republicanos os democratas não poderão chamar para testemunhar as pessoas que poderiam contar mais sobre Trump e suas ligações com a Rússia.

    Mais cedo, o chefe da sede eleitoral de Trump Paul Manafort se demitiu após acusações feitas pelo jornal The New York Times sobre acordos pouco transparentes com o Partido das Regiões ucraniano do ex-presidente Yanuokvich.

    Além disso, Manafort também foi acusado de ligações comerciais com a Rússia, as quais estão sendo consideradas como não aceitáveis ou comprometedoras nos EUA, tendo em conta as atuais relações bilaterais.

    Tags:
    corrida presidencial, embaixada russa, mídia, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar