01:44 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Imagem da série de TV - Operação Policial (foto de arquivo)

    Foto com policiais poderia ser causa do assassinato de adolescente em Joinville

    © flickr.com / Medialand
    Américas
    URL curta
    204

    Jovem foi assassinado na cidade brasileira de Joinville perto da escola onde estudava. Seu amigo é o principal suspeito do crime.

    Natan Felipe Vieira, que tinha 17 anos, foi assassinado a tiros na segunda-feira (19), informa o jornal Globo.

    As respectivas informações foram concedidas por uma testemunha do caso que prestou depoimento à Polícia Civil.

    Uma foto na qual ele está junto aos policiais durante o desfile que teve lugar em 7 de setembro, poderia ser o motivo da morte. O desfile contou com a participação de alunos, pais e professores da escola, que fizeram uma passeata de 40 minutos levando cartazes e balões brancos.

    Como foi informado, "Natan estava se dirigindo para casa, o autor se aproximou, sacou o revólver e efetuou os disparos". Segundo a polícia, foram realizados entre quatro e cinco disparos.

    Um colega de Natan foi detido como principal suspeito do assassinato.

    Segundo os dados, Natan não tinha passagem pela polícia. Uma delegada informou que o suspeito do crime, alegadamente, não gostou da postagem nas redes sociais.
    O suspeito foi preso em 20 de setembro e está sob custódia. Ele nega seu envolvimento no crime.

    Uma delegada informou que mais testemunhas prestarão depoimento nesta quarta-feira (21).

    A investigação do caso está em curso.

    Mais:

    Militar russo é assassinado no Tajiquistão
    Profissão de risco: Terceiro prefeito é assassinado no México em menos de 2 semanas
    Tags:
    policiais, morte, assassinato, foto, escola, Polícia Civil, Joinville, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik