20:47 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Contratorpedeiro USS Zumwalt

    Novo navio furtivo dos EUA não é tão invulnerável como parece

    © AP Photo/ Robert F. Bukaty
    Américas
    URL curta
    66354

    O Instituto Naval dos EUA publicou imagens do lançamento à agua do contratorpedeiro de nova geração USS Zumvalt no estaleiro naval de Bath Ironworks.

    No dia 15 de outubro, este navio vai entrar oficialmente ao serviço em Baltimore e depois vai ser enviado para a base de San Diego.

    ​O contratorpedeiro de mísseis guiados Zumwalt é construído segundo as tecnologias "stealth": o navio é invisível para os radares graças às suas formas irregulares e ao uso de materiais de absorção de sinais de rádio. O navio é equipado com uma turbina a gás faz girarem os geradores que fornecem energia para os motores e todos os sistemas de bordo.

    USS Zumwalt é dotado de 20 sistemas universais de lançamento e de 80 mísseis de vários tipos, de duas peças de 155 mm e de peças antiaéreas de 30 mm. Zumwalt é capaz de acolher um helicóptero e drones.

    ​No entanto, a capacidade furtiva do novo navio, que representa um problema para a navegação nas águas territoriais dos EUA, não o torna invulnerável para as modernas armas russas. As tecnologias furtivas norte-americanas são destinadas a impedir a detecção por radares de diapasão X (8-18GHz), enquanto o exército da Rússia está sendo ativamente equipado com meios de detecção e designação de alvos "anti-stealth" que trabalham em ondas milimétricas (30 MHz-3GHz) e identificam perfeitamente navios e aviões, independentemente da sua forma ou dimensões.

    Mais:

    Marinha dos EUA recebe novo submarino que custa quase 3 bilhões de dólares
    Modernização em curso: o que teme a Marinha dos EUA?
    Tags:
    equipamento militar, tecnologia furtiva, capacidade, contratorpedeiro, navio, Marinha, USS Zumwalt, Marinha, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik