16:11 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1506
    Nos siga no

    Os alunos transgêneros do estado norte-americano da Carolina do Norte agora podem usar o banheiro que corresponde à sua identidade genérica.

    Esta decisão permite aos alunos transgêneros escolherem um banheiro masculino ou feminino independentemente de seu sexo original, informa a Vice News.

    Anteriormente neste ano, a Carolina do Norte adotou uma lei que obrigava a usar banheiros nas escolas e edifícios governamentais de acordo com o sexo registrado na certidão de nascimento.

    É de lembrar que, em 13 de maio, a administração de Barack Obama tinha enviado uma diretriz aos diretores das escolas que possibilitava o uso do banheiro independentemente do género biológico. O documento também apontava que a violação da diretriz podia levar ao cancelamento do financiamento federal ou até a processo jurídico.

    Assim, a lei estatal e a diretriz federal entraram em contradição. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos demandou a revogação da lei da Carolina do Norte. 

    No entanto, a Carolina do Norte não é o único estado que não concordou com a medida tomada por Barack Obama. As autoridades do Texas, Alabama, Wisconsin, Tennessee, Arizona, Maine, Oklahoma, Louisiana, Utah, Geórgia e Virgínia Ocidental acusaram Washington de tentar tornar a escola “em laboratório para um experimento social de massas”.

    Mais:

    Transgênero egípcio: ‘Meus órgãos sexuais eram invertidos’
    Canadá anuncia lei contra discriminação de transgêneros
    Tags:
    transgêneros, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar