22:46 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Aeromoças da Emirates

    EUA: Homem pega dois anos de prisão por agressão sexual em avião da Emirates

    © AFP 2018 / Greg Wood
    Américas
    URL curta
    0 10

    Um cidadão norte-americano de 43 anos foi condenado a dois anos de prisão nesta sexta-feira (12) por ter abusado sexualmente de uma mulher que dormia durante um voo de Dubai para Nova York.

    O homem, Nadeem Mehmood Quraishi, habitante de Nova York, foi condenado por um júri em abril e pegou a pena máxima para este tipo de agressão. 

    O crime foi cometido em um avião da companhia aérea Emirates em 26 de outubro do ano passado.

    A vítima tinha caído no sono depois de tomar medicamentos prescritos durante o vôo que dura cerca de 12 horas.

    Na queixa inicial, a vítima, que estava sentada ao lado de Quraishi na classe econômica, contou que, após acordar, o homem perguntou se ela tinha tido um bom sono. Mas ela descobriu em seguida que tinha loção aplicada nos braços, peitos e coxas.

    Indo ao banheiro, ela percebeu que seu sutiã estava desprendido e que a mesma loção havia sido aplicada por baixo dele.

    A mulher então alertou os comissários e aeromoças, que pressionaram o Sr. Quraishi a confessar que havia espalhado a loção corporal, que pertencia à vítima, em seus órgãos genitais, de acordo com o promotor.

    Mais:

    Avião da Emirates pousa de emergência no aeroporto de Dubai
    Rio: polícia resgata oito pessoas vítimas de exploração sexual
    Desafio emocional russo a milhões de vítimas de abuso sexual
    Polícia colombiana liberta cerca de 200 mulheres de escravidão sexual
    Meninas escapam de escravatura sexual do Daesh com ajuda de comprimidos para dormir
    Tags:
    abuso sexual, avião, agressão sexual, assédio sexual, prisão, Emirates, Nadeem Mehmood Quraishi, Nova York, Dubai
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik