11:57 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    75º aniversário da vitória sobre nazismo
    URL curta
    2151
    Nos siga no

    O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, reconheceu o importante papel da Rússia na derrota do fascismo em 1945, e felicitou o país pelo 75° aniversário do Dia da Vitória.

    Em 8 de maio, Díaz-Canel conversou por telefone com seu homólogo russo Vladimir Putin, a quem parabenizou pela data histórica.

    "O Dia da Vitória na Rússia. Outra celebração adiada pela pandemia da COVID-19. O que não se adia é a homenagem à nação que tanto contribuiu para a derrota do fascismo. Cuba reconhece e honra essa história", escreveu o líder cubano.

    Todos os anos, no dia 9 de maio, a Rússia celebra a vitória sobre os invasores nazistas na Grande Guerra pela Pátria (parte da Segunda Guerra Mundial, compreendida entre 22 de junho de 1941 e 9 de maio de 1945, limitada às hostilidades entre a União Soviética e a Alemanha nazista e seus aliados), onde morreram aproximadamente 27 milhões de cidadãos soviéticos.

    O chanceler cubano, Bruno Rodríguez Parilla, também fez um pronunciamento nas redes sociais.

    ​No 75º aniversário da vitória do Exército Vermelho sobre o fascismo na Grande Guerra pela Pátria, Cuba parabeniza o povo irmão russo e seu governo. Honramos sua contribuição decisiva para a paz mundial

    Três cubanos participaram na Grande Guerra pela Pátria, além de mais de cem Comitês de Apoio à União Soviética, que foram criados na ilha para arrecadar produtos alimentícios, açúcar e tabaco, enviados ao país agredido.

    Mais:

    Cuba envia brigada médica a Honduras
    Guerreiros blindados: tanques soviéticos lendários da Grande Guerra pela Pátria
    Moscou tem show de acrobacia aérea no 75º Dia da Vitória (VÍDEO)
    Tags:
    Dia da Vitória, Rússia, Cuba, Segunda Guerra Mundial, Grande Guerra Patriótica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar