Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Viktor Orbán adverte para o perigo de Europa vir a ter uma economia de guerra

© AP Photo / Manu FernandezPrimeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, na cúpula da OTAN em Mardi, Espanha, 30 de junho de 2022
Primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, na cúpula da OTAN em Mardi, Espanha, 30 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.07.2022
Nos siga noTelegram
Viktor Orbán, primeiro-ministro húngaro, afirmou que, caso Bruxelas não mude a sua política de sanções, a partir de outubro a Europa poderá enfrentar uma economia de guerra.

"A estratégia em que a nossa posição tem se baseado enfraqueceu e fracassou, não existe mais. Se Bruxelas não mudar de estratégia, devemos esperar uma economia de guerra em toda a Europa a partir de outubro. As sanções e o fornecimento de armas não trazem nenhum resultado. Normalmente, a gente não apaga um incêndio com um lança-chamas", disse Orbán ao canal de rádio húngaro Kossuth.

Segundo Orbán, a nova estratégia do Ocidente deve se basear em tentativas de conseguir negociações de paz, que a Rússia e os EUA devem conduzir juntos, já que são eles que financiam o conflito.
Há uma semana, o líder húngaro expressou críticas em relação à abordagem ocidental do conflito ucraniano, afirmando que a tarefa da UE não é tomar um dos lados, mas ficar entre a Rússia e a Ucrânia. Ao mesmo tempo, segundo Orbán, a Europa já perdeu a sua oportunidade de atuar como mediador no conflito na Ucrânia, e agora só os Estados Unidos serão capazes de reverter a situação, caso consigam chegar a um acordo com a Rússia.
Após o início da operação militar russa na Ucrânia, os países ocidentais impuseram sanções contra Moscou, em particular contra o petróleo e gás russos. O presidente Vladimir Putin defendeu que as políticas de conter e enfraquecer a Rússia são uma estratégia do Ocidente a longo prazo, enquanto as sanções afetam de forma negativa toda a economia mundial.
Primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, durante reunião com o presidente belarusso, Aleksandr Lukashenko, em Minsk, Belarus, 5 de junho de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 23.07.2022
Panorama internacional
Viktor Orbán: Europa está em apuros, precisa de nova estratégia para a Ucrânia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала