Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mastercard perdeu US$ 26 milhões em lucros no 2º trimestre devido à suspensão na Rússia

© Sputnik / Aleksei Filipov Cartões de crédito da bandeira russa Mir, alternativa às ocidentais Visa e Mastercard (foto de arquivo)
Cartões de crédito da bandeira russa Mir, alternativa às ocidentais Visa e Mastercard (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Nos siga noTelegram
A empresa de serviços financeiros americana Mastercard disse que perdeu US$ 26 milhões em lucros no segundo trimestre deste ano devido à suspensão das operações na Rússia, em um documento divulgado nesta quinta-feira (28).

"Os encargos líquidos no segundo trimestre de 2022, de US$ 26 milhões, estavam diretamente relacionados às sanções impostas e à suspensão de nossas operações comerciais na Rússia", disse a empresa em um relatório financeiro trimestral.

O lucro de US$ 6 milhões em descontos e incentivos compensou parcialmente as perdas, de acordo com o relatório.
A Mastercard suspendeu as operações na Rússia em 6 de março, após o desencadeamento da operação militar especial de Moscou na Ucrânia.
Desde então, os cartões emitidos fora da Rússia pararam de funcionar em comércios ou caixas eletrônicos russos, e os cartões emitidos por bancos russos não são mais suportados pela rede Mastercard.
O presidente dos EUA, Joe Biden, participa da Cúpula de Segurança e Desenvolvimento de Jeddah em hotel na cidade costeira de Jeddah, na Arábia Saudita, em 16 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Panorama internacional
EUA se recusam a confirmar ou negar flexibilização de sanções contra Rússia em troca de prisioneiros
Desde o início da operação militar especial russa, os EUA e seus aliados iniciaram a aplicação de uma miríade de sanções contra Moscou. Entre as medidas estão restrições econômicas às reservas internacionais russas e a suas exportações de petróleo, gás, aço e ferro.
A escalada de sanções transformou a Rússia, de forma disparada, na nação mais sancionada do mundo, segundo a plataforma Castellum.ai, serviço de rastreamento de restrições econômicas no mundo.
No total, estão em vigor 11.588 medidas restritivas contra a Rússia, segundo os cálculos do site. A quantidade é mais que o triplo das 3.665 sanções impostas pelo Ocidente ao Irã. Na sequência, aparecem a Síria (2.637), a Coreia do Norte (2.097), Belarus (1.133), a Venezuela (651) e Mianmar (567).
Bandeiras da Rússia e da Noruega durante cerimônia de deposição de uma coroa de flores no monumento do Soldado Russo por parte da delegação norueguesa, representada por veteranos do serviço militar, povoado Mezhdurechie, região de Murmansk, Rússia, 21 de outubro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 27.07.2022
Panorama internacional
Noruega pode enfrentar escassez de pneus de inverno devido às sanções contra Rússia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала