Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Europol alerta para o contrabando de armas pesadas na Ucrânia

© Sputnik / Sergei AverinArmas em prédio capturado de nacionalistas ucranianos em Mariupol
Armas em prédio capturado de nacionalistas ucranianos em Mariupol - Sputnik Brasil, 1920, 21.07.2022
Nos siga noTelegram
Investigações apontam para a venda de munição e armas militares no mercado clandestino. Agência teme que armas sejam contrabandeadas para a União Europeia.
O Serviço Europeu de Polícia, agência conhecida como Europol, alertou nesta quinta-feira (21) para o crescente contrabando de armas na Ucrânia.
Segundo confirmou o assessor de comunicação da Europol, Jan Op Gen Oort, à agência de notícias alemã Deutsche Presse-Agentur, há informações sobre venda de armas de fogo e equipamentos militares no mercado clandestino.

"Há o risco de que eles [as armas e os equipamentos militares] terminem em mãos de criminosos e terroristas", disse Gen Oort. As investigações também apontam para vendas clandestinas de artilharia militar pesada. Segundo Gen Oort, os "riscos são alarmantes".

Ele afirmou que há registos de pessoas saindo da Ucrânia com armas de fogo. Também há o temor de que armas escondidas na fronteira do país possam ser contrabandeadas para países da União Europeia.
Medicamentos (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022
Panorama internacional
MD russo: autoridades de Carcóvia roubam medicamentos de ajuda humanitária e os revendem na Internet
Antes do comunicado de Gen Oort, um agente da Europol disse, em condição de anonimato, à rádio alemã SWR que "de acordo com investigadores, redes criminosas da região estão contrabandeando ou planejando contrabandear um significativo número de armas de fogo e munição, incluindo armas de uso militar".
O roubo e venda de material bélico no mercado clandestino já vinha sendo alertado por especialistas, que apontam para a falta de monitoramento no envio das armas. Na semana passada, um ex-deputado ucraniano de oposição acusou o ministro da Defesa ucraniano de organizar a venda ilegal de armas para a Europa. Na última quarta-feira (20), a União Europeia anunciou o envio de mais 500 milhões de euros (cerca de R$ 2,8 bilhões) para apoiar as Forças Armadas da Ucrânia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала