Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ucrânia joga explosivos contra edifício próximo da usina nuclear de Zaporozhie

© Sputnik / SputnikO segundo reator da usina nuclear de Zaporozhie em meio à operação militar especial russa na Ucrânia, em Energodar, região de Zaporozhie, 5 de abril de 2022
O segundo reator da usina nuclear de Zaporozhie em meio à operação militar especial russa na Ucrânia, em Energodar, região de Zaporozhie, 5 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Nos siga noTelegram
Nesta terça-feira (12), forças ucranianas atiraram minas explosivas contra um edifício próximo da usina nuclear de Zaporozhie, segundo afirmou à Sputnik a administração civil-militar de Energodar.
Ainda segundo as informações da administração local, divulgadas durante coletiva de imprensa, não houve feridos no incidente.
Conforme a declaração de um porta-voz da administração local, o ataque ucraniano foi perpetrado com o uso de dois drones de ataque que atiraram duas minas de calibre 120 mm contra o edifício. "Há danos causados contra o teto e vidros, não há mortos ou feridos", disse.
A usina nuclear de Zaporozhie passou para o controle russo em março, como parte da operação militar especial deflagrada no mês anterior. Assim como a região de Kherson, Zaporozhie também é controlada por administrações civis-militares apoiadas pela Rússia.
© SputnikMilitares da Rússia verificam radiação na central nuclear de Zaporozhie, foto publicada em 5 de abril de 2022
Militares da Rússia verificam radiação na central nuclear de Zaporozhie, foto publicada em 5 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Militares da Rússia verificam radiação na central nuclear de Zaporozhie, foto publicada em 5 de abril de 2022
Mais cedo, um ataque contra a cidade de Novaya Kakhovka, na região de Kherson, deixou pelo menos dois mortos e vários feridos e desabrigados. Segundo as autoridades locais, centenas de apartamentos foram danificados.
Os ataques contra a região de Kherson utilizaram foguetes atirados pelo lançador de longo alcance Himars, equipamento de artilharia fornecido pelos Estados Unidos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала