Comandante dos EUA quer implantação de caças avançados F-22 e F-35 próximo da China, diz mídia

© Foto / Domínio Público / 2nd Lt. Samuel EckholmCaça F-22 da Força Aérea dos EUA
Caça F-22 da Força Aérea dos EUA  - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Nos siga noTelegram
As tensões entre EUA e China seguem aumentando, principalmente com a intromissão norte-americana nos assuntos envolvendo Taiwan.
Como se não bastassem as ações que resultaram no conflito entre Rússia e Ucrânia, agora parece que os "cowboys" estão dispostos a tudo para gerar um novo conflito, desta vez, na Ásia.
O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, em coletiva de imprensa no escritório do Ministério das Relações Exteriores, Pequim, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Panorama internacional
EUA devem parar toda a 'interação oficial com Taiwan', adverte China
Seguindo a doutrina de destruição e lucros da administração Biden, o chefe do Comando Indo-Pacífico dos EUA, almirante John C. Aquilino, enfatizou recentemente que gostaria que o país implantasse os avançados caças F-22 e F-35 o mais próximo possível do gigante asiático, segundo a revista Air Force Magazine.
"Nós gostaríamos de ter esta capacidade de [...] operar no espaço contestado. As capacidades de quinta geração, sejam elas F-22, F-35, são de grande importância para a capacidade de dissuasão", afirmou.
Atualmente, a Força Aérea norte-americana possui três bases no Japão, duas bases na Coreia do Sul, bem como a base de Guam. Estas bases contam com aeronaves F-16, F-15 e A-10.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала