- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Pará investiga morte e mais 3 casos de 'doença da urina preta' após consumo de peixe

© Folhapress / Julcemar Alves/Agência Pixel PressRibeirinhos pescam nas águas do rio Purus, no Amazonas, em 20 de agosto de 2021
Ribeirinhos pescam nas águas do rio Purus, no Amazonas, em 20 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Nos siga noTelegram
A Secretaria de Saúde do Pará está investigando uma morte e mais três casos suspeitos da doença de Haff, conhecida como "doença da urina preta", após o consumo de pacu, peixe típico da região.
De acordo com o portal UOL, a vítima fatal tinha comorbidades e as outras três pessoas estão sendo acompanhadas. Os casos foram registrados na zona rural de Óbidos.
Os pacientes apresentaram sintomas como dor muscular e abdominal intensas e urina escura após a ingestão do peixe. Amostras já foram coletadas pela Vigilância Epidemiológica do município e estão sob análise.
O órgão emitiu um alerta epidemiológico para que profissionais de saúde das redes pública e privada comuniquem casos suspeitos às autoridades municipais, contribuindo para a prevenção da doença.
Fiocruz faz alerta sobre epidemia no verão de  chikungunya,  dengue e zika  - Sputnik Brasil, 1920, 13.01.2022
Sociedade e cotidiano
Mosquito infectado com vírus da dengue pica mais vezes para melhor transmitir doença, diz pesquisa
A Vigilância Epidemiológica orientou a população que procure atendimento médico se sentir sintomas como fraqueza, dor muscular, dor de cabeça e dormência, além de perceber a urina escura, no período de duas a 12 horas após o consumo do peixe.
Em 2021, o estado registrou 25 casos confirmados da doença.
Moradores da região também foram orientados a evitar o consumo de pescados de água doce, como pirapitinga (Piaractus brachypomus), tambaqui (Colossoma macropomum) e pacu (Piaractus mesopotamicus).
A doença de Haff é causada por uma toxina presente nesses peixes e em crustáceos, como o camarão.
Tartaruga (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 27.06.2022
Sociedade e cotidiano
Biólogos revelam verdadeira longevidade das tartarugas e de anfíbios
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала