Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

'Um primeiro passo': NASA elege 3 propostas de design para instalar futuro reator nuclear na Lua

© NASAImagem artistica dos sistemas de fisão na Lua
Imagem artistica dos sistemas de fisão na Lua - Sputnik Brasil, 1920, 22.06.2022
Nos siga noTelegram
A Administração Nacional Aeronáutica e Espacial norte-americana anunciou nesta terça-feira (21) as três propostas ganhadoras de um conceito de design para instalar um futuro reator nuclear na Lua.
Os prêmios foram atribuídos a três empresas dos EUA: Lockheed Martin, que se associará à BWXT e à Creare; Westinghouse, que trabalhará com a Aerojet Rocketdyne; e IX, empresa formada pela Machines e X-Energy, que se unirá à Maxar e à Boeing.
O comunicado respectivo indica que o Laboratório Nacional de Idaho (INL, na sigla em inglês), empresa-mãe do Departamento de Energia dos EUA (USDOE), atribuirá um contrato de 12 meses de aproximadamente US$ 5 milhões (R$ 25,6 milhões) a cada vencedor para financiar o desenvolvimento de conceitos de design preliminares de um sistema de fissão de classe de 40 quilowatts, para durar ao menos dez anos no ambiente lunar.
A NASA aponta que esse tipo de sistema é relativamente pequeno, leve e confiável, e poderia permitir uma energia contínua independentemente de onde se encontre, bem como de luz solar e outras condições ambientais naturais.
Conceito do Radiotelescópio da Cratera Lunar  no lado oculto da Lua - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Sociedade e cotidiano
China planeja enviar nave espacial para analisar regiões sombreadas da Lua em busca de água

'Impulsiona nossa exploração'

"A nova tecnologia impulsiona nossa exploração da Lua, Marte e mais além", explica Jim Reuter, administrador associado da Direção de Missões de Tecnologia Espacial da NASA. "O desenvolvimento destes primeiros projetos nos ajudará a estabelecer as bases para potencializar nossa presença humana a longo prazo em outros mundos", acrescentou.

Por sua vez, John Wagner, diretor do INL, afirmou que o projeto Fission Surface Power é "um primeiro passo muito viável" para que os Estados Unidos estabeleçam energia nuclear em nosso satélite natural. " Espero ver o que cada uma dessas equipes conseguirá", comentou.
Os prêmios da fase 1 fornecerão à NASA informações cruciais da indústria que podem incentivar o desenvolvimento conjunto de um sistema de energia de fissão certificado para um voo completo. Isto também ajudará a agência espacial americana a avançar os sistemas de propulsão nuclear que dependem dos reatores para gerar energia, o que, por sua vez, poderia ser usado em missões de exploração do espaço profundo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала