- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Relatores da ONU pedem que Brasil não aprove 'PL do Veneno'

© Folhapress / Dirceu Portugal Plantio de soja no Paraná. Na foto, plantadeiras e agricultores durante plantio de soja em propriedade rural, 20 de outubro de 2021
Plantio de soja no Paraná. Na foto, plantadeiras e agricultores durante plantio de soja em propriedade rural, 20 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 22.06.2022
Nos siga noTelegram
Relatores da Organização das Nações Unidas (ONU) emitiram um apelo para que o Senado brasileiro rejeite o Projeto de Lei (PL) 6299/2002, também conhecido como "PL do Veneno".
Em uma declaração emitida nesta quarta-feira (22), obtida pelo portal UOL, representantes de diferentes mecanismos das Nações Unidas se uniram para pressionar o Brasil a não aprovar o projeto.
O PL foi aprovado em fevereiro na Câmara dos Deputados, com 301 votos a favor e 150 contra. Para os relatores da ONU, se o Senado também aprovar a pauta, sua adoção marcará um "monumental revés para os direitos humanos no país".
O alerta foi emitido por Marcos A. Orellana, relator especial sobre as implicações para os direitos humanos da gestão ambientalmente correta e da eliminação de substâncias e resíduos perigosos, além das peritas do grupo de trabalho da ONU sobre discriminação contra mulheres.
Presidente da República, Jair Bolsonaro acompanhado da Primeira Dama, Michelle Bolsonaro recebem o Presidente da Federação da Rússia, Vladimir Putin (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Panorama internacional
Bolsonaro diz que visita à Rússia ajudou Brasil a driblar crise de fertilizantes e celebra parceria
De acordo com eles, antes mesmo das principais audiências no Senado sobre o projeto de lei 6299/2002, os especialistas advertiram que se a legislação for adotada, ela enfraquecerá as regulamentações que regem o uso de pesticidas no Brasil.
Há o temor de que pessoas de todas as idades, incluindo agricultores, trabalhadores e membros de povos indígenas e comunidades camponesas, serão expostas a substâncias perigosas, com consequências "potencialmente devastadoras" para sua saúde e bem-estar.
"Enfraquecer a atual estrutura regulatória sobre pesticidas seria um retrocesso quando se trata de normas ambientais no país, uma medida potencialmente retrógrada", disseram os especialistas.
Um elemento preocupante no projeto de lei é a disposição que permite o uso de pesticidas cancerígenos e aqueles que acarretam maior risco de problemas reprodutivos e hormonais e malformações em bebês.
A diretora-geral da Organização Mundial do Comércio, Ngozi Okonjo-Iweala (C), faz seu discurso durante a sessão de encerramento de uma Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio na sede da OMC em Genebra, 17 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 17.06.2022
Notícias do Brasil
Após confronto entre Índia e Brasil na OMC, pacote de acordos deixa de fora prioridade brasileira
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала