Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Japão critica 'demonstração de força' após exercício com navios de guerra da China e da Rússia

© Sputnik / Vasily Batanov / Abrir o banco de imagensNavio de desembarque russo Azov durante o ensaio geral para o Dia da Marinha, em Sevastopol
Navio de desembarque russo Azov durante o ensaio geral para o Dia da Marinha, em Sevastopol - Sputnik Brasil, 1920, 22.06.2022
Nos siga noTelegram
Ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi criticou nesta quarta-feira (22) os navios de guerra chineses e russos que navegaram recentemente perto do Japão.
Chamando os exercícios de "demonstração de força" e alertando para ações contra o território japonês, Kishi também expressou preocupação com aviões de guerra chineses em distintas regiões de Taiwan.
Ele confirmou que, desde meados de junho, cinco navios russos estão navegando para o sul de Hokkaido, no oceano Pacífico, para depois passar pelo estreito de Tsushima, no sudoeste do Japão, e enfim partir para o mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).
Ele descreveu as ações como suspeitas, como se o Japão estivesse sendo alvo de "rondas", e informou que três navios da Marinha chinesa também estavam seguindo por um caminho semelhante.
Vistas da Rússia. Ilhas Curilas - Sputnik Brasil, 1920, 22.04.2022
Panorama internacional
Japão designa Ilhas Curilas como território 'ocupado ilegalmente' pela Rússia
Kishi, segundo informações da agência Kyodo, expressou preocupação com "quase dez navios russos e chineses movendo-se em torno de nossa nação em um período tão curto de tempo em cursos semelhantes".
Ele disse que outros seis navios chineses passaram perto da província de Okinawa, no sul da ilha, quando se deslocavam do mar da China Oriental em direção ao Pacífico.
"Precisamos monitorar de perto a situação", disse Kishi, referindo-se também à entrada de 29 aviões de guerra chineses na parte sudoeste da zona de identificação de defesa aérea de Taiwan. Ontem (21) o Ministério da Defesa de Taiwan avisou da incursão.
O ministro japonês também condenou Pequim e Moscou por um voo conjunto de longa distância de seus bombardeiros estratégicos sobre o mar do Japão, o mar da China Oriental e o Pacífico no fim de maio.
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e seu homologo chinês, Xi Jinping, durante coletiva de imprensa de participantes da mesa redonda Um Cinturão e Uma Rota na China, 15 de maio de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Panorama internacional
Em ligação com Putin, Xi oferece apoio da China à Rússia em questões de 'segurança e soberania'
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала