Nível operacional das aeronaves militares dos EUA segue em queda, aponta relatório

© AP Photo / Azamat ImanalievO bombardeiro KC-135 da Força Aérea dos EUA
O bombardeiro KC-135 da Força Aérea dos EUA - Sputnik Brasil, 1920, 21.06.2022
Nos siga noTelegram
Um relatório do Escritório de Contabilidade do Governo dos EUA (GAO, na sigla em inglês), aponta que, pelo menos, oito modelos de aviões da Marinha e da Força Aérea apresentaram baixos índices de disponibilidade de missão.
Dentre as aeronaves com menor índice estão os caças F-22 da Força Aérea e os KC-130T da Marinha, com apenas 50,3% e 36,5% de disponibilidade, respectivamente.
Estes índices são usados para avaliar a prontidão de uma frota de aeronaves, bem como as métricas de manutenção, segundo o portal Breaking Defence.
Caça F-35A da Força Aérea dos EUA - Sputnik Brasil, 1920, 03.06.2022
Força Aérea dos EUA planeja reduzir frota em 250 aviões e investir em plataformas mais baratas
De acordo com o relatório, foram analisadas oito aeronaves: o B-1B Lancer, o C-5M Galaxy, o KC-135 Stratotanker e o F-22 Raptor da USAF, bem como os P-8A Poseidon, F/A-18E/F Super Hornet, C-130T e KC-130THércules.
Apesar dos esforços dos EUA, as aeronaves seguem apresentando as mesmas falhas e quedas de rendimento, o que reduz a disponibilidade dos equipamentos militares.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала