Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Maduro afirma que situação da Ucrânia virou guerra contra Rússia

© AFP 2022 / ZURIMAR CAMPOSFoto divulgada pela Presidência venezuelana mostrando o presidente venezuelano Nicolás Maduro falando em sua chegada ao aeroporto internacional Simon Bolívar em La Guaira, Venezuela, 18 de junho de 2022
Foto divulgada pela Presidência venezuelana mostrando o presidente venezuelano Nicolás Maduro falando em sua chegada ao aeroporto internacional Simon Bolívar em La Guaira, Venezuela, 18 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.06.2022
Nos siga noTelegram
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, assegurou que a situação na Ucrânia levou a uma guerra que visa destruir a Rússia.
O presidente venezuelano expressou preocupação com o fato de que "há uma escalada do conflito militar e político na Ucrânia".

"A guerra na Ucrânia é uma guerra mundial [...] uma guerra para destruir a Rússia", disse Maduro durante entrevista ao meio de comunicação libanês Al Mayadeen.

O presidente condenou – durante a entrevista transmitida pelo canal estatal Venezolana de Televisión – as mais de mil sanções impostas à Rússia que estão afetando o mundo, garantiu Maduro.
"Mais de 1.000 sanções contra a Rússia provocaram um efeito bumerangue, tudo foi devolvido, as sanções contra a Europa, contra os Estados Unidos, contra o mundo", disse ele.
O presidente defendeu um diálogo de paz entre Rússia e Ucrânia para se chegar a um entendimento.
O presidente venezuelano Nicolás Maduro participa de uma coletiva de imprensa após seu encontro com o presidente da Turquia em Ancara, 8 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 09.06.2022
Panorama internacional
O que Maduro está procurando na Turquia e como isso pode se refletir no mundo multipolar?
"Eu aspiro que a paz e o entendimento tenham uma chance e que todas as sanções e toda essa guerra econômica sem sentido que foi devolvida contra os povos do mundo em forma de inflação, escassez e problemas, sejam levantadas", afirmou.
A Rússia lançou uma operação militar especial na Ucrânia em 24 de fevereiro, alegando que as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL), reconhecidas por Moscou três dias antes como Estados soberanos, precisavam de ajuda diante da agressão de Kiev.
Durante a operação militar especial, vários países estabeleceram sanções contra Moscou, que vão desde a desconexão parcial da Rússia do sistema SWIFT – plataforma que conecta o sistema financeiro internacional, o fechamento de espaço aéreo para companhias aéreas russas e a paralisação de reservas internacionais do Banco Central da Rússia.
Um dos objetivos fundamentais da operação, segundo o presidente russo Vladimir Putin, é "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала