Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Míssil Oniks atinge aeródromo de Artsiz na região de Odessa, comunica MD da Rússia

© Sputnik / Vitaly Ankov / Abrir o banco de imagensSistema de defesa costeira Bastion
Sistema de defesa costeira Bastion - Sputnik Brasil, 1920, 20.06.2022
Nos siga noTelegram
Segundo informou hoje, segunda-feira (20), o Ministério da Defesa russo, o aeródromo Artsiz na região de Odessa foi atingido por um míssil Oniks, resultando na destruição de uma estação de controle dos drones Bayraktar TB2.
O tenente-general Igor Konashenkov, representante oficial da pasta, afirmou que, nas últimas 24 horas, as forças russas atingiram na direção de Donetsk 11 lançadores múltiplos de foguetes Grad.
As tropas de artilharia eliminaram, por sua vez, 12 pelotões do Exército ucraniano em posições de fogo, bem como dois obuseiros M777 de 155 mm, segundo Konashenkov.
A aviação russa atingiu 47 áreas de concentração de força viva e equipamento militar ucraniano, destruindo ainda um sistema Buk-M1 nos arredores de Seversk, em Donetsk.
A Defesa Antiaérea da Rússia derrubou um avião MiG-29, na região de Dnepropetrovsk, e nove drones nas regiões de Carcóvia, Kherson, República de Donetsk e República de Lugansk, de acordo com os dados da entidade.
Soldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass - Sputnik Brasil, 1920, 19.06.2022
Panorama internacional
Na República de Lugansk militares ucranianos abandonaram suas posições e armamentos, diz MD russo
Nas últimas 24 horas, as forças da Rússia aniquilaram 450 nacionalistas, atingindo 25 centros de comando das tropas ucranianas e 59 unidades de artilharia.
Desde 19 de maio, só a 14ª Brigada mecanizada ucraniana perdeu mais de 2,1 mil soldados entre mortos e feridos, enquanto 800 homens se recusaram a ir para a área de combates, relatou o tenente-general russo.
O ministério russo informou também que grande parte do comando da 30ª brigada das tropas ucranianas não está cumprindo deliberadamente suas funções, se recusa a efetuar missões.
Além disso, na 10ª Brigada de Assalto, cerca de 100 militares da unidade de reconhecimento foram retirados de missões de combate devido à desobediência em massa ao comando e levados para a cidade de Kremenchuk para investigação.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала