Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Peskov: EUA devem entender que 'estrangular' a Rússia é inútil política e economicamente

© Sputnik / Ramil Citdikov / Abrir o banco de imagensO porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, participa da coletiva de imprensa anual do presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Moscou, 23 de dezembro de 2021
O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, participa da coletiva de imprensa anual do presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Moscou, 23 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.06.2022
Nos siga noTelegram
Washington deve entender que combater contra Moscou é inútil quer economicamente, quer politicamente, enquanto as tentativas de "sufocar o país com sanções" estão condenadas ao fracasso, disse em entrevista à Sputnik o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

"Agora, provavelmente é necessário que os Estados Unidos entendam que entrar em guerra econômica, política ou diplomática conosco é um negócio inútil. Tentar nos estrangular com várias restrições e sanções é também um esforço que está condenado ao fracasso", afirmou o representante do Kremlin.

Dmitry Peskov acrescentou que vale a pena prestar atenção aos especialistas internacionais e, inclusive, norte-americanos, "que já admitem que algo não funciona com essas tentativas de estrangulamento".
Além disso, o porta-voz apontou que a prorrogação do tratado Novo START, entre os EUA e a Rússia sobre a redução de armas nucleares deveria ter sido discutida há bastante tempo, sendo uma questão inevitável e de importância crucial não só para a Rússia e os Estados Unidos, mas para todo o mundo.

"É um tema cuja discussão não dá para evitar. É possível, certamente, tentar enterrar a cabeça na areia, alegando a operação militar especial, mas são justamente a Rússia e os EUA que devem discutir o assunto. Deveria ter sido discutido há muito. Essa discussão é importante não só para os povos dos nossos dois países, mas para todo o mundo, para a segurança global", constatou.

Moscou e Washington terão que abordar as questões de controle de armas, de desarmamento e não proliferação, porém, não no momento atual, ante o conflito na Ucrânia, admitiu Peskov.
Ele informou ainda que atualmente não há nenhum diálogo relativamente à Ucrânia entre a Rússia e os EUA. Ao mesmo tempo, disse, Washington, ao armar Kiev, apenas prolonga seus problemas.

"Os EUA estão prolongando a desgraça da Ucrânia. Os Estados Unidos estão arrastando este período ruim para a Ucrânia e para o povo ucraniano", resumiu.

O secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, assiste ao desfile militar do Dia da Vitória na Praça Vermelha, centro de Moscou, 9 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Panorama internacional
Ações dos EUA e seus aliados são responsáveis por interromper diálogo russo-ucraniano, diz Patrushev
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала