Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Negócios são negócios: OTAN ignora paz e promete mais armas pesadas à Ucrânia

© AP Photo / Boris GrdanoskiSoldados britânicos ao lado de um howitzer durante exercício militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) na Macedônia do Norte, em 12 de maio de 2022
Soldados britânicos ao lado de um howitzer durante exercício militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) na Macedônia do Norte, em 12 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Nos siga noTelegram
A Ucrânia deverá receber novas armas pesadas da OTAN, segundo o secretário-geral do bloco de defesa, Jens Stoltenberg.
De acordo com a enviada dos EUA à aliança Julianne Smith, a OTAN está tentando se adaptar às demandas de "mudança constante" de Kiev.

"A Ucrânia precisava de mais armas pesadas e os aliados e parceiros da OTAN forneceram armas pesadas [...]. E eles também estão intensificando", afirmou o secretário-geral da aliança, Jens Stoltenberg.

Além disso, ele afirmou que "em termos de armamentos, todos estão unidos" para que a Rússia saia derrotada.
Desde o dia 24 de fevereiro, a Rússia conduz sua operação militar especial de "desnazificação e desmilitarização" da Ucrânia, objetivos determinados e anunciados pelo presidente russo, Vladimir Putin.
O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Jens Stoltenberg, responde a questões durante coletiva de imprensa em Washington, EUA, 1º de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.06.2022
Panorama internacional
Paz ainda é possível na Ucrânia, mas não se sabe a que 'preço', diz secretário-geral da OTAN
Nesse contexto, os Estados Unidos e seus aliados da OTAN continuam enviando armas a Kiev.
Recentemente, o presidente norte-americano, Joe Biden, assinou um novo pacote de assistência militar à Ucrânia no valor total de dezenas de bilhões de dólares.
Moscou, por sua vez, afirmou várias vezes que as entregas de armamento ocidental apenas arrastam o conflito, enquanto os meios de transporte com armas viram "alvo legítimo".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала