Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Bloomberg: Alemanha decidiu não nacionalizar Gazprom Germania, pois poderia irritar Putin

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensRefinaria da Gazprom em Moscow
Refinaria da Gazprom em Moscow - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Nos siga noTelegram
O governo alemão disse na terça-feira (14) que decidiu estender a gestão externa da Gazprom Germania GmbH e conceder à empresa um empréstimo para evitar a falência.
O ministro da Economia alemão, Robert Habeck, defendeu a nacionalização completa da antiga divisão alemã da Gazprom, a Gazprom Germania GmbH.
O chanceler Olaf Scholz, entretanto, rejeitou a ideia porque estava preocupado que pudesse irritar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, informou a Bloomberg.
A Gazprom deixou de ser proprietária da Gazprom Germania no final de março, após relatos da mídia sobre buscas que foram feitas em suas instalações.
Pouco tempo depois, em 4 de abril, as autoridades alemãs tomaram a Gazprom Germania sob gestão temporária. Em maio, a empresa se viu na lista de sanções retaliatórias impostas pelo governo russo.
Distribuição russa de gás - Sputnik Brasil, 1920, 30.03.2022
Panorama internacional
Funcionários da União Europeia invadem escritórios da Gazprom na Alemanha, diz mídia
Para facilitar o novo começo, o ministro da Economia, Robert Habeck, havia pressionado por uma nacionalização total da Gazprom Germania.
De acordo com fontes que pediram para não serem identificadas, Scholz estava preocupado que a decisão pudesse irritar Putin e levar a uma escalada no impasse sobre as importações de gás da Rússia.
Sob os termos do resgate, o banco estatal KfW Group fornecerá o empréstimo, parte do qual poderá ser convertido em uma participação direta sob uma nova forma de tutela.
A tutela será estendida para além do final de setembro, quando deveria expirar, e o nome da empresa, atualmente Gazprom Germania GmbH, será alterado para Securing Energy for Europe GmbH.
Logotipo da empresa estatal russa Gazprom em São Petersburgo, Rússia, foto publicada em 26 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2022
Panorama internacional
Gazprom anuncia redução de fluxo de gás pelo Nord Stream após atraso de equipe técnica da Siemens
O empréstimo foi projetado para ajudar a estabilizar as finanças da Gazprom Germania e garantir a segurança do fornecimento depois que a Rússia restringiu os embarques de gás em retaliação à Alemanha, que apreendeu a empresa e suas subsidiárias.
Depois de ter sido colocada sob restrições, a Gazprom Germania foi evitada por parceiros comerciais e enfrentou problemas de liquidez, arriscando o colapso de grandes varejistas de gás na Alemanha e no Reino Unido.
O grupo possui o maior local de armazenamento de gás da Alemanha e emprega uma equipe de comércio global com filiais em Londres e Cingapura. Seu fracasso pode se espalhar pelos mercados globais.
Além de ser um dos principais comerciantes de gás e energia da Europa, possui unidades na Ásia e na América do Norte e negociou mais de 100 cargas de gás natural liquefeito em 2020.
© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensGigante do setor de energia da Rússia, a Gazprom participou do Fórum Econômico de São Petersburgo
Gigante do setor de energia da Rússia, a Gazprom participou do Fórum Econômico de São Petersburgo  - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Gigante do setor de energia da Rússia, a Gazprom participou do Fórum Econômico de São Petersburgo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала