- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Nem toda superlua usa capa: conheça as principais características do fenômeno

© AP Photo / Victor R. CaivanoSuperlua vista atrás do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, em 6 de maio de 2012
Superlua vista atrás do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, em 6 de maio de 2012 - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2022
Nos siga noTelegram
Especiais
Embora o dia tenha amanhecido nublado e chuvoso nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, nesta terça-feira (14) a superlua vai aparecer no céu em todo o território nacional. O evento ocorre hoje e no mês que vem. Depois só será visto no país em 2023.
No Hemisfério Norte, o aparecimento do astro em junho é conhecido como superlua de morango — devido à época de colheita da fruta. A nomenclatura, no entanto, não faz nenhum sentido no Brasil, onde as estações do ano são invertidas em relação ao lado de lá.
Mas o que é a superlua enquanto fenômeno astronômico? A Sputnik Brasil conversou com Raimundo Lopes, professor do curso de graduação em astrofísica da Universidade Federal de Sergipe (UFS), a fim de explicar o que será visto nos céus nesta noite.
© AP Photo / Eraldo PeresSuperlua registrada em Brasília, 26 de maio de 2021
Superlua registrada em Brasília em 26 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2022
Superlua registrada em Brasília, 26 de maio de 2021
Ele detalha que a Lua forma um par gravitacional com a Terra em um movimento de idas e vindas conhecido como translação. Assim, o satélite natural terrestre se aproxima e se afasta do planeta devido à sua órbita similar a uma elipse (uma espécie de círculo achatado).
Dentro do movimento, há dois momentos especiais: o apogeu (quando o astro se afasta ao máximo da Terra) e o perigeu — isto é, quando está mais próximo daqui.

"O que acontece na superlua é a coincidência entre dois fatores: o perigeu, quando a Lua está em seu momento mais aproximado da Terra, e a fase de Lua Cheia, quando conseguimos observar uma área maior da superfície lunar. Isso, por sua vez, aumenta o brilho dela", explica o professor da UFS.

Conceito do Radiotelescópio da Cratera Lunar  no lado oculto da Lua - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Sociedade e cotidiano
China planeja enviar nave espacial para analisar regiões sombreadas da Lua em busca de água
Nesta terça-feira (14), a Lua vai nascer por volta das 17h40 ao Leste, no exato oposto de onde o Sol vai se pôr.
Se as condições climáticas estiverem apropriadas, a Lua ficará visível durante a noite toda, até 6h.

"O tamanho dela no céu aumenta em torno de 8% se comparado com o da lua cheia comum. Em termos de área, o aumento é de 16%, ou seja, o brilho vai se tornar maior porque a área aparente e visível para nós é maior", aponta o astrofísico.

Ele diz que a proximidade da Lua em relação à Terra terá um efeito gravitacional que, por consequência, impactará sutilmente as marés.
© AP Photo / Eraldo PeresLua é fotografada no horizonte de Brasília durante seu eclipse, que coincidiu com a maior superlua do ano, em 26 de maio de 2021
Lua é fotografada no horizonte de Brasília durante seu eclipse que coincidiu com a maior superlua do ano - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2022
Lua é fotografada no horizonte de Brasília durante seu eclipse, que coincidiu com a maior superlua do ano, em 26 de maio de 2021
E qual o momento mais indicado para visualizar a superlua?
Para Raimundo Lopes, não há um instante específico e a apreciação pode ocorrer ao longo de toda a noite.

"Mas eu recomendaria ver o nascer da superlua a partir de um horizonte sem obstáculos visuais. Se as pessoas quiserem escolher um momento, eu convidaria para esse, porque sempre é muito bonito", conclui o professor.

Eclipse total da Lua visto da cidade mineira de Timóteo, 16 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Notícias do Brasil
'Lua de Sangue' preenche o céu no Brasil durante eclipse lunar
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала