Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Dados desclassificados mostram interesse do Reino Unido em petróleo por trás da Guerra das Malvinas

© AFP 2022 / JUAN MABROMATAPessoas perante o monumento às ilhas Malvinas, Tierra del Fuego, Argentina (foto de arquivo)
Pessoas perante o monumento às ilhas Malvinas, Tierra del Fuego, Argentina (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2022
Nos siga noTelegram
O governo britânico queria explorar e obter a maior parte dos depósitos de petróleo em torno das disputadas ilhas Malvinas (Falkland para os britânicos) antes e depois da guerra de 1982 com a Argentina, mostraram documentos oficiais britânicos divulgados na terça-feira (14).
No período pré-guerra, o Reino Unido protestou oficialmente contra o comissionamento pela Argentina de pesquisas sísmicas em torno das ilhas por várias vezes, de acordo com documentos desclassificados datados de 1975 a 1981.

"Nós devemos assegurar que qualquer petróleo na plataforma continental das ilhas Malvinas é britânico, sem especificar se queremos dizer que é o governo de Sua Majestade ou as ilhas Falkland que têm o direito de explorá-lo. O importante é que é nosso e não argentino", escreveu um funcionário da chancelaria britânica em 1981, segundo relatou The Guardian.

Em uma carta de 1991 enviada pelo então ministro das Finanças, Norman Lamont, ao secretário das Relações Exteriores, Douglas Hurd, Lamont escreveu que Londres deve receber impostos se o petróleo for encontrado nas ilhas Malvinas em uma "grande" quantidade.

"Isso parece-me justo, tendo em conta os substanciais sacrifícios financeiros e outros que o Reino Unido fez [...] para garantir a liberdade das ilhas Falkland. Não queremos dar crédito à acusação de que nossa operação nas ilhas Falkland foi motivada pela crença de que havia petróleo nas águas das Falkland, o que seria completamente falso", explicou Lamont, citado pelo jornal.

Um mês depois no mesmo ano, Lamont, Hurd e outros membros do gabinete britânico aprovaram um documento sobre política externa e de defesa estipulando que o Reino Unido deve "garantir o acesso seguro a uma parte substancial das receitas concomitantes", mas apenas "quando estiver claro que os benefícios financeiros superarão as dificuldades políticas".
As ilhas Malvinas, um arquipélago no sul do Atlântico, são um território ultramarino do Reino Unido disputado pela Argentina. Em 1982, os militares argentinos foram estacionados nas ilhas em uma tentativa de assumir o controle sobre o território. No entanto, Londres conseguiu restaurar a governança britânica dois meses depois, no final de uma breve guerra.
Mapa da América Latina, feito de Lego (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 06.01.2022
Panorama internacional
Malvinas, Rincão de Artigas e mais regiões: quais são as disputas territoriais na América Latina?
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала