Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Casa Branca: EUA trabalham para impedir venda de grãos da Ucrânia supostamente roubados pela Rússia

© Pedro Revillion/ Palácio PiratiniColheita de grãos
Colheita de grãos - Sputnik Brasil, 1920, 13.06.2022
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos estão trabalhando para impedir a venda de grãos supostamente roubados pela Rússia da Ucrânia no mercado internacional, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, nesta segunda-feira (13).

"Estamos trabalhando com outros países para impedir a venda de grãos que provavelmente foram roubados da Ucrânia", disse Jean-Pierre durante uma coletiva de imprensa quando questionada sobre relatos de que os EUA alertaram as nações africanas para não comprar grãos russos.

O presidente russo, Vladimir Putin, participa de uma reunião do Conselho Econômico Supremo da Eurásia, que ocorre no Quirguistão, por meio de um link de vídeo no Kremlin, em Moscou, na Rússia, 27 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 03.06.2022
Panorama internacional
Putin: políticas 'míopes e estúpidas' da Europa provocaram crise energética e de fertilizantes
O Programa Mundial de Alimentos (PMA), da Organização das Nações Unidas (ONU), não conseguiu verificar as alegações de que a Rússia está roubando grãos ucranianos, disse Stéphane Dujarric, porta-voz do secretário-geral da ONU, na semana passada.
Os esforços dos EUA ocorrem em meio a preocupações com o abastecimento mundial de alimentos e o aumento dos preços, que o governo Biden atribuiu a uma combinação de desafios econômicos, incluindo choques de oferta resultantes da operação especial da Rússia na Ucrânia.
No entanto o Kremlin atribuiu a responsabilidade pelo aumento dos preços dos alimentos e pela instabilidade às sanções impostas pelos EUA e seus aliados à Rússia e à Belarus, que são grandes exportadores de fertilizantes e outros produtos agrícolas no mercado mundial.
A Rússia rejeitou as acusações ocidentais de bloquear as exportações de grãos da Ucrânia e enfatizou repetidamente que os portos marítimos seriam reabertos após a limpeza de minas navais ucranianas no mar Negro.
Bandeiras dos EUA e da Ucrânia tremulam diante do Capitólio, em Washington, no dia 5 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.06.2022
Panorama internacional
EUA vão fornecer US$ 1,5 bi mensais à Ucrânia nos próximos 4 ou 5 meses para sustentar governo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала