Navio autônomo para missões furtivas da Marinha chinesa conclui 1º teste no mar (VÍDEO)

© Foto / Força Aérea Real da AustráliaDestróier de mísseis guiados de classe Luyang da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) da China (à esquerda) e navio anfíbio de transporte de classe Yuzhao da Marinha do ELP chinês deixam o estreito de Torres e entram no mar de Coral em 18 de fevereiro de 2022
Destróier de mísseis guiados de classe Luyang da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) da China (à esquerda) e navio anfíbio de transporte de classe Yuzhao da Marinha do ELP chinês deixam o estreito de Torres e entram no mar de Coral em 18 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 10.06.2022
Nos siga noTelegram
O primeiro navio de superfície autônomo chinês, de classe de 200 toneladas, chama atenção por suas capacidades de operação furtiva e em alto mar.
A embarcação concluiu seu primeiro teste no mar e, de acordo com especialistas citados pelo jornal Global Times, o navio pode fornecer novas táticas para guerra naval, como operação de combate em enxames.
O teste ocorreu perto da ilha de Panzhi, no leste da província de Zhejiang, e foi concluído na terça-feira (7).
De acordo com o jornal chinês, a embarcação tem um deslocamento de 200 toneladas, um comprimento de mais de 40 metros e um design trimarã.
Além disso, conta com alcance de detecção, capacidade furtiva, sistema de energia integrado e consciência ambiental abrangente.
O navio foi lançado em 28 de agosto de 2019 no leste da província de Jiangxi, realizando 30 viagens antes de chegar a Zhoushan em 2021, para iniciar o primeiro teste no mar.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала