Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Em discurso na ONU, Guterres diz que crise dos fertilizantes pode causar 'falta de comida em 2023'

© AFP 2022 / Bogdan TudorO secretário-geral da ONU, António Guterres, participa de uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro da Moldávia após suas conversas em Chisinau, em 9 de maio de 2022
O secretário-geral da ONU, António Guterres, participa de uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro da Moldávia após suas conversas em Chisinau, em 9 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.06.2022
Nos siga noTelegram
No lançamento do Grupo Global de Resposta a Crises sobre Alimentos, Energia e Finanças hoje (8), secretário-geral apontou que se barreiras em torno de fertilizantes não forem rompidas, mundo terá não só problema de acesso como também de oferta de alimentos.
Nesta quarta-feira (8), o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, alertou que se a crise em torno dos fertilizantes não for resolvida a escassez de milho e trigo chegará a todas as culturas básicas e terá um sério impacto em bilhões de pessoas.

"Os preços dos alimentos estão perto de recordes. Os preços dos fertilizantes mais que dobraram, soando um alarme em todos os lugares. Sem fertilizantes, a escassez se espalhará de milho e trigo para todas as culturas básicas, incluindo arroz, com um impacto devastador em bilhões de pessoas na Ásia e América do Sul", disse Guterres.

O secretário-geral acrescentou que a crise alimentar deste ano é "sobre a falta de acesso", mas que no ano que vem "pode ser por falta de comida".
Rússia e Belarus, ambas sob sanções ocidentais, são dois dos três maiores produtores mundiais de potássio, que é fundamental para a fabricação de fertilizantes.
O presidente russo, Vladimir Putin, se encontra com o presidente da União Africana (UA) e do Senegal, Macky Sall, em Sochi, 3 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.06.2022
Panorama internacional
Presidente da União Africana pede suspensão de sanções sobre trigo e fertilizantes russos
Entretanto, após o início da operação russa na Ucrânia, o escoamento do produto ficou prejudicado, mesmo assim, os EUA, principal nação a aplicar sanções contra Moscou e Minsk, disse na segunda-feira (6) que não cancelará as restrições aplicadas aos dois países mesmo que se ponha em risco o abastecimento alimentar mundial, conforme noticiado.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала