Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Crise de energia: proibição de petróleo russo expõe 'hipocrisia' dos EUA

© AFP 2022 / DAVID RYDERUm petroleiro espera perto da Refinaria Marathon Anacortes, operada pela Marathon Petroleum, em Anacortes, Washington 8 de março de 2022
Um petroleiro espera perto da Refinaria Marathon Anacortes, operada pela Marathon Petroleum, em Anacortes, Washington 8 de março de 2022  - Sputnik Brasil, 1920, 08.06.2022
Nos siga noTelegram
O fornecimento de petróleo russo para os EUA quase dobrou, apesar das alegações de Washington de que a commodity deveria ser banida, aponta principal aliado de Putin.
Os EUA revelaram sua "hipocrisia" ao anunciar a proibição do petróleo russo, enquanto continuam a comprá-lo em grandes quantidades, disse o presidente da Duma russa, Vyacheslav Volodin.
Washington alegou que havia restringido todas as importações de petróleo bruto russo, alguns produtos petrolíferos, gás natural liquefeito e carvão, no início de março, como parte das sanções impostas a Moscou pelo conflito na Ucrânia.

"O petróleo russo não será mais aceito nos portos dos EUA", prometeu o presidente dos EUA, Joe Biden, na época. Mas a declaração não encontrou apoio na realidade, apontou Volodin em um post no Telegram nesta quarta-feira (8).

Dados do Departamento de Energia dos EUA sugerem que "as entregas de petróleo da Rússia quase dobraram em março em relação a fevereiro – de 2.325 milhões para 4.218 milhões de barris, respectivamente", escreveu o presidente do parlamento.
Apesar da proibição anunciada, "o nosso país subiu do nono para o sexto lugar no ranking dos maiores fornecedores de petróleo para os EUA", acrescentou.
Refinaria petrolífera ISAB, pertencente à russa Lukoil, em Priolo Gargallo, Sicília, 31 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.06.2022
Panorama internacional
Empresas da Europa duplicam embarques de petróleo russo apesar das sanções, relata mídia
O fato de que, ao mesmo tempo, Washington estava pressionando a União Europeia (UE) a desistir do petróleo russo, e conseguiu fazê-lo, é "um sinal claro de dois pesos e duas medidas", disse Volodin.
"Agora que os políticos e burocratas europeus expliquem a seus cidadãos por que eles deveriam tolerar o 'aumento de preços de Biden'", escreveu ele.
Esse comentário foi em referência às tentativas de Joe Biden de vincular a alta inflação, o aumento dos preços do gás e dos alimentos à operação militar especial russa na Ucrânia, apelidando-os de "aumento de preços de Putin".
Após semanas de debate, a UE concordou com uma sexta rodada de sanções contra Moscou no final de maio, que incluiu, entre outras coisas, a proibição do petróleo russo. O bloco decidiu interromper imediatamente 75% das importações e 90% até o final do ano. No entanto, a Hungria e vários outros países receberam uma isenção devido à incapacidade de suas economias de funcionar sem os suprimentos russos.
Petroleiro (imagem de referência) - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Panorama internacional
Apesar das sanções EUA seguem comprando petróleo russo refinado em países terceiros, diz WSJ
Na semana passada, Biden sugeriu que os EUA poderiam até tentar comprar um pouco de petróleo russo depois que o embargo europeu presumivelmente reduziu seu preço.
Há muita consideração sobre o que pode ser feito para talvez até comprar o petróleo, mas a um preço limitado", disse o presidente dos EUA quando perguntado sobre como planejava lidar com os preços recordes do gás. "Haveria uma necessidade esmagadora para os russos de vendê-lo, e seria vendido a um preço significativamente mais baixo do que o mercado está gerando agora", explicou ele.
No entanto, a Rússia colocou em dúvida o plano de Biden, com o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, insistindo que o país não venderia seu petróleo sem lucro. "A demanda pode cair em um lugar e aumentar em outro. As cadeias de suprimentos serão reorientadas à medida que as partes buscarem as melhores condições para o comércio", disse Peskov.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала