Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Polícia sueca está preocupada com 'risco' de armas enviadas para Kiev chegarem à Suécia

© AFP 2022 / Stefan Jerrevang / Várias fontes / HandoutPolícia de choque passa por barricada para entrar em um centro comercial durante motim em Norrkoping, Suécia, 17 de abril de 2022
Polícia de choque passa por barricada para entrar em um centro comercial durante motim em Norrkoping, Suécia, 17 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 07.06.2022
Nos siga noTelegram
Gunnar Appelgren, comissário policial da Suécia, repetiu as críticas já referidas até agora, de que as armas ocidentais fornecidas à Ucrânia podem ser exploradas por traficantes.
As armas ocidentais fornecidas à Ucrânia podem acabar nas mãos de gangues criminosas na Suécia, advertiu Gunnar Appelgren, comissário policial do país nórdico.
"Há provavelmente um grande risco de que o influxo de armas ilegais chegará à Suécia quando houver um pouco mais de ordem lá [na Ucrânia], talvez até paz", disse ele à Rádio Sueca.
"Até agora as armas são necessárias por causa da guerra, mas em uma situação de paz você já não precisa de tantas armas, e depois há estruturas ilegais que pretendem lucrar", contou Appelgren.
A Rádio Sueca escreve que na última onda de tiroteios fatais no país têm sido usadas principalmente armas da Guerra Civil Iugoslava.
Armas em prédio capturado dos nacionalistas ucranianos em Mariupol - Sputnik Brasil, 1920, 15.05.2022
Panorama internacional
Armas ocidentais na Ucrânia podem ser contrabandeadas para grupos terroristas, alertam especialistas
"Chegaram muitas armas automáticas como AK-47, ou seja, Kalashnikov. Alguns anos atrás também chegaram granadas de mão nas mesmas cargas. Elas vêm em carros e ônibus", explicou o comissário policial.
Na última semana, Jurgen Stock, secretário-geral da Interpol, avisou, citando também os exemplos da Guerra Civil Iugoslava, além dos conflitos na África, que não tem dúvida de que o tráfico ilegal de armas aumentará quando o conflito na Ucrânia terminar.
Nos últimos anos, a Suécia caiu em uma espiral de violência provocada por gangues e crime organizado, com frequentes relatos de tiroteios e explosões no país.
A Rússia também tem igualmente afirmado que o fornecimento de armas ocidentais à Ucrânia prolonga o conflito, que pode acabar nas mãos dos terroristas e até levar a um conflito direto com a OTAN.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала