Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Pode minar segurança regional': instalação naval chinesa no Camboja suscita aflição nos EUA

© AP Photo / Mark SchiefelbeinMarinheiros no convés do novo destróier de mísseis guiados Type 055 Nanchang da Marinha do Exército de Libertação Popular da China durante participação de um desfile em comemoração do 70º aniversário da fundação da Marinha da China
Marinheiros no convés do novo destróier de mísseis guiados Type 055 Nanchang da Marinha do Exército de Libertação Popular da China durante participação de um desfile em comemoração do 70º aniversário da fundação da Marinha da China - Sputnik Brasil, 1920, 07.06.2022
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos estão preocupados com as intenções da China e querem transparência sobre o novo projeto chinês de instalação naval no Camboja, declarou na segunda-feira (6) Ned Price, porta-voz do Departamento de Estado norte-americano.
Ainda ontem The Washington Post relatou, citando oficiais ocidentais, que a China está secretamente construindo uma instalação naval perto da Base Naval Ream do Camboja no golfo da Tailândia, que será exclusivamente utilizada para operações militares.

"Percebemos da República Popular da China [RPC] que ela está envolvida em um projeto de construção em andamento na Base Naval de Ream", insinuou Price durante uma coletiva de imprensa. "Como já dissemos, uma presença militar exclusiva da RPC em Ream poderia ameaçar a autonomia do Camboja e minar a segurança regional também."

Os Estados Unidos e outros países da região manifestaram a sua preocupação com a falta de transparência na intenção da China em relação a este projeto, incluindo o papel que o Exército da China está desempenhando na sua construção, e a utilização pós-construção da instalação, apontou Price.
Base militar da China em Djibuti (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 26.04.2022
Panorama internacional
EUA não descartam ações militares se a China estabelecer base nas Ilhas Salomão
Um funcionário chinês confirmou ao The Washington Post que apenas uma parte da nova instalação naval será usada pelos militares chineses e negou que seja exclusivamente destinada para militares, dizendo que os cientistas também vão usá-la.
De acordo com o jornal, a cerimônia de inauguração da nova instalação ocorrerá na quinta-feira (9).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала