Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Pesquisadores trazem à tona descoberta que poderia determinar a origem da vida na Terra e em Marte

© Foto / Pixabay / OrlandowMarte (imagem referencial)
Marte (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 06.06.2022
Nos siga noTelegram
Cientistas da Fundação para a Evolução Molecular Aplicada dos EUA anunciaram que o ácido ribonucleico (RNA), que provavelmente foi o primeiro material genético para a vida, se forma espontaneamente no vidro de lava basáltica, o que poderiam ajudar a determinar a origem da vida na Terra e em Marte.
De acordo com o estudo, publicado na revista Astrobiology, este tipo de material abundava em nosso planeta há 4,35 bilhões de anos, podendo ser encontrados basaltos parecidos no Planeta Vermelho.
A pesquisa, liderada por Elisa Biondi, aponta que as moléculas longas de 100 a 200 nucleotídeos de comprimento se formam quando os nucleosídeos trifosfatos apenas são filtrados através do vidro basáltico, escreve portal Phys.org.
"O vidro basáltico estava em toda a parte da Terra. Durante várias centenas de milhões de anos após a formação da Lua, os impactos frequentes com abundante vulcanismo formaram lava basáltica fundida, a fonte do vidro basáltico", explicou um dos autores, Stephen Mojzsis.
"Os impactos também fizeram a água evaporar para formar a terra seca, proporcionando aquíferos onde o RNA poderia ter se formado", acrescentou.
Por sua vez, Marte foi relevante para especialistas porque os mesmos minerais, vidros e impactos estudados também estavam presentes em sua superfície.
Representação gráfica do helicóptero Ingenuity da NASA - Sputnik Brasil, 1920, 28.05.2022
Sociedade e cotidiano
VÍDEO estonteante da NASA mostra voo recorde de helicóptero sobre superfície de Marte
No entanto, o Planeta Vermelho não sofreu a deriva continental e a tectônica de placas que enterraram a maioria das rochas da Terra de mais de quatro bilhões de anos.
"Se a vida surgiu na Terra através deste caminho simples, então provavelmente também surgiu em Marte", observou Steven Benner, coautor do trabalho. "Isto faz com que seja ainda mais importante procurar vida em Marte assim que pudermos."
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала