Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Turquia: Finlândia e a Suécia desperdiçam o tempo da OTAN pensando que Ancara desistirá das demandas

© AP Photo / Burhan OzbiliciFahrettin Altun, chefe de mídia e comunicação de Recep Tayyip Erdogan, presidente turco, fala aos repórteres em Ancara, Turquia, 22 de março de 2022
Fahrettin Altun, chefe de mídia e comunicação de Recep Tayyip Erdogan, presidente turco, fala aos repórteres em Ancara, Turquia, 22 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 05.06.2022
Nos siga noTelegram
Os dois países nórdicos devem atender aos pedidos da Turquia sobre os grupos que ela considera terroristas, pois Ancara também faz seu contributo para a segurança, sugeriu um membro do gabinete de Recep Tayyip Erdogan.
As exigências da Turquia sobre a adesão da Finlândia e da Suécia à OTAN seguem inalteradas e não são negociáveis, afirmou um assessor do presidente turco Recep Tayyip Erdogan ao jornal sueco Dagens Nyheter.
"Não é correto que a Finlândia e a Suécia desperdicem o tempo da OTAN neste momento crítico", disse Fahrettin Altun, chefe de mídia e comunicação de Erdogan, em uma entrevista por e-mail, citado na sexta-feira (3).
Em 18 de maio Estocolmo e Helsinque submeteram seus pedidos de adesão à OTAN, argumentando que o conflito ucraniano mudou a situação de segurança na Europa. Uma candidatura de adesão deve ser aprovada por unanimidade, mas a Turquia, um Estado-membro, se opôs, apontando que os dois países apoiam o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em curdo) e as Unidades de Proteção Popular (YPG, na sigla em curdo), organizações consideradas terroristas por Ancara.
Bandeiras da Finlândia (à esquerda), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN, no centro) e da Suécia durante cerimônia de comemoração de inscrição à adesão à aliança militar em Bruxelas, Bélgica, 18 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Panorama internacional
EUA e Reino Unido instam Suécia e Finlândia a aceitarem condições da Turquia, relata jornal
A Turquia exorta esses países a mudar suas leis para deixarem de apoiar esses grupos, proibi-los de organizar quaisquer eventos em seu território, extraditar aqueles que são procurados pela Turquia sob acusações de terrorismo, apoiar as operações militares e antiterroristas de Ancara e levantar todas as restrições à exportação de armas para o país.
Altun destacou as contribuições e o compromisso da Turquia com a segurança de seus aliados, ressaltando que seu país espera mais da Finlândia e da Suécia do que só palavras.
"Antes desta candidatura eles podem ter pensado: 'A Turquia será convencida de qualquer forma' ou 'A Turquia não se oporá'. No entanto [...] a Turquia protegerá seus interesses a todo custo", comentou ele, afirmando que a adesão à OTAN não é um direito, mas um privilégio, e que o que acontece a seguir "depende do governo sueco".
Questionado sobre os resultados das negociações na semana passada com as delegações dos dois países nórdicos em Ancara, Altun sublinhou que não havia diferença entre "o que dizemos a eles e o que dizemos em público".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала