Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Tradição puramente inglesa': Zakharova zomba de 'golpe' antidemocrático no Reino Unido em 2019

© Sputnik / Vitaly BelousovTorre Spasskaya do Kremlin em Moscou, Rússia
Torre Spasskaya do Kremlin em Moscou, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 04.06.2022
Nos siga noTelegram
A chancelaria da Rússia falou de uma investigação que aponta para a ex-premiê britânica Theresa May ter sido deposta de forma antidemocrática em 2019 por não avançar com o Brexit da forma desejada.
Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, falou neste sábado (4) sobre a "tradição" britânica de mudar seus líderes de forma antidemocrática.
Falando das negociações do Brexit em 2018-2019, Zakharova citou uma investigação que revela que Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido entre 2016-2019, foi retirada do poder por conspiradores por não ter pressa de implementar o Brexit e ter um plano considerado demasiado brando.
"No momento estou fortemente envolvido na tentativa de matar o terrível Acordo de Retirada [da UE] da primeira-ministra [...] Se Henry [Kissinger, ex-secretário de Estado dos EUA em 1973-1977] está disposto a ajudar com isso, então eu posso fornecer o material de apoio necessário", escreveu em 23 de dezembro de 2018 Gwythian Prins, ex-conselheiro da OTAN e do Ministério da Defesa do Reino Unido, para um aparente amigo seu.
A representante oficial da chancelaria russa citou um outro e-mail, de 9 de agosto de 2018, que solicitava "bloquear qualquer acordo decorrente do desastroso Livro Branco Chequers", e "remover, se necessário, esta primeira-ministra, e a substituir por alguém que sirva para o propósito", além de outro e-mail de 20 de março de 2019, de resposta a Prins, que o instava a se "livrar" dela e do plano.
Jen Psaki, secretária de imprensa da Casa Branca, durante coletiva de imprensa na Casa Branca em Washington, EUA, 29 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 30.04.2022
Panorama internacional
Chancelaria russa vê êxodo de equipe de Biden na Casa Branca
Zakharova também mencionou Tim e Mary Clode, um casal aristocrata da ilha de Jersey, um paraíso fiscal, que evita dar nas vistas na Internet e nas redes sociais, como tendo financiado a operação. Assim, o plano dos "conspiradores" teria resultado no fracasso do plano de May no Parlamento britânico e nas negociações com os Estados-membros da UE.´
Boris Johnson, atual primeiro-ministro do Reino Unido, acabou substituindo May em dezembro de 2019, para realizar o plano inicial pretendido pelo sistema, de acordo com Maria Zakharova, apesar de "nas últimas cartas já surgir a conversa de um novo marionete para substituir Johnson".

"Estou chegando à conclusão de que não consigo ver como o primeiro-ministro não vai acabar de uma forma ou de outra; e ele perdeu tanto o controle de sua mente e de sua força de vontade que talvez isso fosse para o melhor?", comentou em 11 de janeiro de 2022 Gwythian Prins.

Citando o mesmo e-mail, Zakharova agora vê o subtesoureiro Rishi Sunak e a chanceler Liz Truss como possíveis candidatos para o posto do atual premiê do Reino Unido.
"Claro que tanto Richard Dearlove [ex-diretor da agência de inteligência britânica MI6] quanto os 'especialistas' que ele financiou culparam imediatamente os russos pelos 'vazamentos'.
Estarei certa quando penso que os britânicos só conseguem saber a verdade sobre sua democracia da Rússia? Será por isso que Londres proibiu a transmissão do RT?", questionou Maria Zakharova.
"O que vocês acham: essa mudança de poder é um golpe ou uma intriga? Eu acho que não é nenhum dos dois. É uma tradição puramente inglesa, igual aos envenenamentos", concluiu ela.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала