Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Comissário da NBA faz admissão sobre impactos financeiros após perda de dinheiro da China

© AP Photo / Matt SlocumBasquetebolistas durante o jogo de basquetebol da NBA, 19 de abril de 2021, em Filadélfia, Pensilvânia, EUA, 19 de abril de 2021. (Foto de arquivo).
Basquetebolistas durante o jogo de basquetebol da NBA, 19 de abril de 2021, em Filadélfia, Pensilvânia, EUA, 19 de abril de 2021. (Foto de arquivo). - Sputnik Brasil, 1920, 04.06.2022
Nos siga noTelegram
Comissário da NBA, Adam Silver disse que a liga norte-americana de basquete perdeu "centenas de milhões de dólares' após problemas com a China.
O comissário da NBA disse a repórteres que a resposta da China ao ex-gerente geral do Houston Rockets, Daryl Morey, custou à liga centenas de milhões de dólares.
Em 2019, Daryl Morey expressou apoio aos manifestantes de Hong Kong que rejeitavam a Lei de Segurança Nacional imposta por Pequim, um polêmico projeto de lei que permite a extradição dos honconguês para a China.
Morey, que atualmente é gerente geral do Philadelphia 76ers, publicou em suas redes sociais, em outubro de 2019, uma imagem que dizia: "Lute pela liberdade. Fique com Hong Kong".
Em retaliação, a China retirou os jogos da emissora estatal CCTV, sendo que a NBA voltou às televisões chinesas apenas março de 2022.
A liga norte-americana inicialmente disse que os comentários de Morey eram "lamentáveis" e que ele "ofendeu profundamente muitos de nossos amigos e fãs na China".
LeBron James faz uma bandeja durante jogo de basquete da NBA contra o New Orleans Pelicans, em Los Angeles, em 1º de abril de 2022. - Sputnik Brasil, 1920, 15.04.2022
Panorama internacional
Comunista? LeBron 'discutiu' com colegas após publicação pró-Hong Kong de treinador dos Rockets
Mais tarde, a liga emitiu outra declaração afirmando seu compromisso com a liberdade de expressão.
Silver disse que a NBA perdeu "centenas de milhões" de dólares por causa do apagão de 18 meses, mas também "destacou o compromisso da liga com a liberdade de expressão para jogadores, treinadores e executivos".
Em seus comentários, publicados pela Fox News, ele também recuou quanto às críticas dos legisladores dos EUA sobre o relacionamento comercial da NBA com a China, observando que a liga é apenas uma das muitas empresas que trabalham com os chineses.
"Temos uma relação comercial enorme e colossal com a China. Praticamente todos os telefones nesta sala, as roupas que você está vestindo, os sapatos que você está usando, são feitos na China", comentou.
"Se as pessoas estão sugerindo agora que não devemos mais ter relações comerciais com a China, essa é uma grande questão global em que seguiremos a liderança de nosso governo", continuou ele.
Diversas vozes dentro da NBA são críticas ao relacionamento da liga com a China por seus supostos abusos dos direitos humanos na região de Xinjiang,
Brittney Griner, pivô do Phoenix Mercury (42), durante a primeira metade do jogo 2 das finais da WNBA contra o Chicago Sky, em 13 de outubro de 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 05.03.2022
Panorama internacional
Jogadora estrela da WNBA é detida na Rússia com 'óleo de haxixe'
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала