Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia atingirá centros de tomada de decisão se Kiev atacar território russo, diz Medvedev

© Sputnik / Ekaterina Shtukina / Abrir o banco de imagensDmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança da Federação da Rússia, durante videoconferência (foto de arquivo)
Dmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança da Federação da Rússia, durante videoconferência (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Nos siga noTelegram
Se a Ucrânia usar armas contra instalações russas, as Forças Armadas da Rússia não terão escolha a não ser determinar ataques a centros de tomada de decisão, disse o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia e ex-presidente do país, Dmitry Medvedev.

"É bastante óbvio que se, Deus me livre, esses tipos de armas forem usadas contra territórios russos, nesse caso, as Forças Armadas de nosso país não terão escolha a não ser atacar os centros de tomada de decisão", disse Medvedev, em entrevista à emissora Al Jazeera, ao comentar o fornecimento de múltiplos sistemas de lançamento de mísseis pelos Estados Unidos a Kiev.

Segundo ele, os eventuais contra-ataques atingirão, em particular, o Ministério da Defesa e o Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia.

"Mas você precisa entender que os centros de tomada de decisão final, nesse caso, infelizmente nem estão localizados no território de Kiev. Portanto essa é obviamente uma ameaça que precisará ser levada em consideração", acrescentou.

Manobras da OTAN Saber Strike 2016 na Estônia - Sputnik Brasil, 1920, 01.06.2022
Panorama internacional
Fornecimento de sistemas de longo alcance HIMARS a Kiev ameaça cidades russas, diz especialista
A Rússia iniciou a operação militar especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater ataques de tropas ucranianas.
A missão, segundo o Ministério da Defesa russo, tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia acusam militares ucranianos de usar "métodos terroristas" nos combates, como fazer civis de "escudo humano" e se alojar em construções não militares.
Comando Cibernético dos EUA - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Panorama internacional
Chefe do comando cibernético dos EUA admite ataques contra Rússia a partir da Ucrânia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала