Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

MD russo: maior parte dos mercenários na Ucrânia é eliminada devido a falta de experiência militar

© Sputnik / Ministério da Defesa da RússiaDivisão dos sistemas S-300PM2 Favorit durante operação especial russa na Ucrânia, 2 de junho de 2022
Divisão dos sistemas S-300PM2 Favorit durante operação especial russa na Ucrânia, 2 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Nos siga noTelegram
Conforme informou na quinta-feira (2) o Ministério da Defesa da Rússia, desde o início de maio, o fluxo de mercenários estrangeiros à Ucrânia quase parou.
O major-general Igor Konashenkov, representante oficial da pasta, disse que centenas de mercenários foram aniquilados na Ucrânia logo depois de sua chegada, nos locais de preparação adicional.
O número de mercenários estrangeiros no país se reduziu quase para metade, de 6,6 mil para 3,5 mil. Em Donbass essa redução foi em dezenas de vezes, segundo dados do ministério. A maior parte dos combatentes estrangeiros ao lado de Kiev foi eliminada devido à falta de experiência de combate e baixo nível de treinamento, relatou Konashenkov.
De acordo com a Defesa russa, os comandantes das unidades do Exército ucraniano e da Guarda Nacional que empregam os mercenários não os poupam, em busca de reduzir as perdas entre seus soldados. Além disso, muitos mercenários de outros países, ao enfrentarem a situação real no campo de combate, preferem deixar a Ucrânia, mas Kiev se esforça a impedir sua saída, afirmaram na pasta.
Muralhas do Kremlin junto ao rio Moscou em Moscou, Rússia, foto publicada em 22 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2022
Panorama internacional
Conselho de Segurança da Rússia: OTAN vê como cenário ideal conflito na Ucrânia ardendo eternamente
Conforme os dados atualizados, nas últimas 24 horas, as Forças Armadas da Rússia atingiram 21 áreas de concentração de força viva e de equipamento, inclusive centros de comando das formações ucranianas nazistas Kraken e Azov, nos arredores de Carcóvia.
Perto da povoação de Lubomirovka, na região de Nikolaev, a aviação russa derrubou um Su-25 da Força Aérea ucraniana. Os ataques aéreos russos resultaram na eliminação de até 240 nacionalistas ucranianos, bem como de diversos depósitos de munições e combustível em Donbass. As tropas de mísseis também destruíram 131 centros de comando, 146 baterias de artilharia e morteiros e 579 áreas de concentração de pessoal e equipamento militar da Ucrânia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала