- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Desemprego no Brasil cai para 10,5% em abril e tem melhor resultado desde 2015, diz IBGE

© Folhapress / Saulo DiasJovens desempregados procuram vagas de emprego em São Paulo, 11 de janeiro de 2022
Jovens desempregados procuram vagas de emprego em São Paulo, 11 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.05.2022
Nos siga noTelegram
A taxa de desemprego do trimestre de fevereiro a abril de 2022 recuou 0,7 ponto percentual, para 10,5%, em relação ao resultado dos meses de novembro a janeiro (11,2%), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (31).
Além disso, a taxa caiu 4,3 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2021. De fevereiro a abril do ano passado, o resultado registrado foi de 14,8%, segundo o IBGE.
É o melhor resultado para um trimestre encerrado em abril desde 2015, quando a taxa de desocupação no país estava em 8,1%.
A população total sem emprego agora é de 11,3 milhões de pessoas. São 699 mil pessoas a menos nessa situação em comparação com o trimestre anterior, em que 12 milhões estavam desocupados.
Com relação ao trimestre encerrado em abril de 2021, são 3,8 milhões de pessoas a menos sem um posto de trabalho. Há um ano, eram 15,2 milhões de pessoas desempregadas.
Pessoa mostra carteira de trabalho (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Notícias do Brasil
Menos ou mais empregos? Especialistas apontam riscos do processo eleitoral ao mercado de trabalho
O instituto também informou que o contingente de pessoas ocupadas foi estimado em aproximadamente 96,5 milhões, recorde da série iniciada em 2012, com alta de 1,1% ante o trimestre anterior (1,1 milhão de pessoas a mais) e de 10,3% (9 milhões de pessoas) ante o mesmo período do ano anterior.
O nível da ocupação, ou seja, o percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar, está estimado em 55,8%, uma alta de 0,5 ponto percentual frente ao trimestre anterior e de 4,8 pontos percentuais em relação ao mesmo trimestre de 2021 (51,1%).
A taxa composta de subutilização do trabalho registrada pelo IBGE foi de 22,5%, com queda de 1,4 ponto percentual em comparação com o trimestre de novembro de 2021 a janeiro de 2022 (23,9%) e de 7,1 pontos percentuais ante o mesmo período de 2021 (29,6%). É a menor taxa para o trimestre desde 2016 (20,1%).
Notas de real, a moeda brasileira (foto referencial). - Sputnik Brasil, 1920, 28.04.2022
Notícias do Brasil
PIB brasileiro na gangorra? Previsão cresce enquanto a do mundo cai, mas 'duplo efeito' gera alerta
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала