Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Sob contrato de US$ 490 milhões, China e Argélia firmam parceria para exploração de petróleo e gás

© AP Photo / Jin LiangkuaiA plataforma petrolífera Haiyang Shiyou 981, a primeira sonda de perfuração em águas profundas desenvolvida na China, a 320 quilômetros (200 milhas) a sudeste de Hong Kong, no Mar do Sul da China.
A plataforma petrolífera Haiyang Shiyou 981, a primeira sonda de perfuração em águas profundas desenvolvida na China, a 320 quilômetros (200 milhas) a sudeste de Hong Kong, no Mar do Sul da China. - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Nos siga noTelegram
Com negociações acontecendo desde o ano passado, os dois países firmaram parceria para atualizar seis poços existentes, perfurar mais 12 e realizar a manutenção de instalações em campo localizado no sudeste argelino.
No sábado (28), a empresa chinesa Sinopec Oil & Gas Limited fechou um contrato de 25 anos com a petrolífera argelina Sonatrach para exploração de petróleo e gás natural e para o desenvolvimento conjunto.
Sob o contrato, ambos os lados esperam extrair cerca de 95 milhões de barris de petróleo do campo de Zarzaitine localizado na província de Illizi, sudeste da Argélia. O investimento é de cerca de US$ 490 milhões (R$ 2,3 bilhões), a quantia será distribuída para ajudar a atualizar seis poços existentes, perfurar mais 12 e realizar a manutenção das instalações.
As negociações entre as companhias chinesa e argelina estão em andamento há pouco mais de um ano, desde que as duas empresas assinaram um memorando de entendimento em 20 de maio de 2021.
Urânio no barril (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Panorama internacional
China encontra urânio em profundidade 'impossível' e estima reserva entre as mais ricas do mundo
O documento foi assinado pelo vice-presidente da Sonatrach, Mohamed Slimani, e o diretor-geral da Sinopec, Wu Xiuli, na presença do ministro da Energia da Argélia, Mohamed Arkab, segundo a RTP.
"A renovação das reservas de hidrocarbonetos exige uma maior intensificação dos esforços de investigação e exploração, através do recurso a parcerias internacionais, incluindo chinesas, que nos permitam beneficiar de tecnologias e técnicas modernas utilizadas neste setor, partilhando riscos e custos," disse o ministro citado pela mídia.
O acordo ocorre quando o mercado de petróleo passa por uma grande transformação em meio aos preços crescentes, com a OPEP + optando por manter os níveis de produção e as sanções ocidentais contra o petróleo russo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала