Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Roscosmos define data da nova missão lunar da Rússia

© Sputnik / Sergey Mamontov / Abrir o banco de imagensFoguete Soyuz 2.1a no Cosmódromo Vostochny, na Rússia
Foguete Soyuz 2.1a no Cosmódromo Vostochny, na Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Nos siga noTelegram
A missão lunar Luna-25 deve decolar em setembro, disse Dmitry Rogozin, chefe da agência espacial estatal russa Roscosmos.
Embora atrasada, a missão lunar Luna-25 está confirmada para ser lançada em setembro deste ano, disse Dmitry Rogozin, chefe da Roscosmos, nesta segunda-feira (30).
"Espero que todos os testes sejam bem-sucedidos, e, no fim de setembro, lançaremos a Luna-25", disse Rogozin a repórteres, segundo informações do portal da RT.
Em abril, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, enfatizou a importância de continuar com o programa lunar do país. "Vamos retomar o programa lunar", disse Putin ao visitar o Cosmódromo Vostochny, na região de Amur.
© Sputnik / Sergey Mamontov / Abrir o banco de imagensA plataforma de lançamento do Cosmódromo Vostochny
A plataforma de lançamento no Centro Espacial Vostochny - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
A plataforma de lançamento do Cosmódromo Vostochny. Foto de arquivo
O líder russo enfatizou que a onda sem precedentes de sanções ocidentais impostas ao país por sua operação militar em andamento na Ucrânia não atrapalhará os esforços de Moscou para explorar o espaço.
"Apesar de todas as dificuldades e tentativas de interferência externa, definitivamente vamos implementar todos os nossos planos com consistência e persistência", destacou Putin.
Em abril, a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) declarou o fim da cooperação com a Roscosmos em expedições marcianas e lunares por causa do conflito na Ucrânia.
Espera-se que a Luna-25 transporte cerca de 30 kg de equipamento científico. A sonda da missão tem um braço robótico e uma broca para realizar experimentos e coletar amostras lunares.
Lua (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 16.06.2021
Rússia e China apresentam plano para criar Estação Científica Internacional na Lua até 2035
O destino planejado do aterrissador é a região polar sul da Lua, perto da cratera Boguslavsky. A sonda lunar russa está programada para se tornar a primeira na história pós-soviética.
Embora a exploração do único satélite natural da Terra tenha começado com a sonda soviética Luna-2, em 1959, o país não realiza missões semelhantes há quase cinco décadas.
A última missão, Luna-24, foi lançada pela União Soviética em 1976. A nova operação, concebida no fim dos anos 2000, foi repetidamente adiada.
Esperava-se que o módulo de pouso robótico decolasse em outubro passado. No entanto o lançamento foi adiado porque a equipe que elaborou a Luna-25 considerou que a sonda ainda não estava pronta.
© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensModelo da sonda interplanetária soviética Luna-1
Modelo da sonda interplanetária soviética Luna-1 - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Modelo da sonda interplanetária soviética Luna-1. Foto de arquivo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала