Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Israel retoma exploração de gás natural no Mediterrâneo para o exportar à Europa

© AP Photo / Matthew BrownChama de gás natural em um poço de petróleo na cidade de Watford, Reino Unido, 26 de agosto de 2021
Chama de gás natural em um poço de petróleo na cidade de Watford, Reino Unido, 26 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 30.05.2022
Nos siga noTelegram
O Ministério da Energia de Israel anunciou o recomeço dos planos de exploração de gás natural em meio à tentativa da Europa de buscar novos fornecedores depois que ela sancionou a Rússia.
O governo israelense anunciou a quarta exploração de gás natural em suas águas territoriais mediterrâneas e espera chegar rapidamente a um acordo com a Europa para o exportar para o continente, cujos países estão procurando um fornecedor para substituir a Rússia, relata na segunda-feira (30) o jornal The Jerusalem Post.
Segundo Karin Elharrar, ministra de Energia de Israel, que anunciou o projeto, a licitação para a exploração de gás ao largo da costa mediterrânea de Israel deve começar no terceiro trimestre deste ano.
"Estabelecemos um grupo de trabalho de três vias com Israel, Europa e Egito. Assinaremos, espero que em um futuro próximo, um memorando de entendimento que criará o acordo-base para a exportação", disse ela, citada pela agência britânica Reuters.
"Junto com a preocupação real e sincera da Europa, há uma oportunidade real para Israel exportar gás natural para a Europa", continuou.
A iniciativa contradiz o plano anunciado em 15 de dezembro por Elharrar de interromper a busca de gás natural durante 2022, para colocar em foco a energia renovável. Lior Shilat, diretor-geral do Ministério de Energia israelense, explicou que "os eventos geopolíticos e a crise energética que começou como resultado disso mudaram completamente o setor energético".
Foto de arquivo: um trabalhador não identificado da Shell a bordo do navio de petróleo offshore Bonga, na costa da Nigéria, 26 de dezembro de 2011 - Sputnik Brasil, 1920, 18.04.2022
Panorama internacional
De volta à África: Europa acelera busca por alternativas ao gás russo ao sul do Mediterrâneo
"O Estado de Israel está avançando e ajudando a Europa a diversificar suas fontes de energia", explicou Elharrar.
"Os europeus e nós concordamos que o movimento estratégico mais importante para superar a crise é acelerar o desenvolvimento das energias renováveis", disse Shilat, acrescentando, no entanto, que "a necessidade global do gás natural no curto e médio prazo não pode ser ignorada".
A ministra da Energia sublinhou que "os europeus foram muito claros" de que se não encontrarem "fontes alternativas para o gás natural de que necessitam", alguns países "serão forçados a voltar a queimar carvão para fornecer energia".
A União Europeia impôs várias sanções a Moscou desde que começou a operação militar especial na Ucrânia, com o bloco impondo várias sanções e ameaçando embargar as importações da Rússia, levando também a cortes de energia russos e uma alta nos preços da energia no continente.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала