Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Unidade da UE sobre sanções à Rússia está 'desmoronando', critica ministro da Alemanha

© Sputnik / Aleksei DanichevBase de extração de petróleo na Rússia
Base de extração de petróleo na Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Nos siga noTelegram
Ministro da Economia alemão alerta para o declínio da "unidade" na União Europeia (UE), enquanto o bloco está lutando para concordar com o embargo de petróleo russo.
A unidade que a UE demonstrou depois que a Rússia lançou sua ofensiva na Ucrânia está começando a "desmoronar", disse o ministro da Economia alemão, Robert Habeck, neste domingo (29).
O alerta vem antes da cúpula do bloco para discutir um novo pacote de sanções contra Moscou e um potencial embargo de petróleo.
"Após o ataque da Rússia à Ucrânia, vimos o que pode acontecer quando a Europa permanece unida. Mas já está começando a ruir e desmoronar novamente", disse Habeck em entrevista coletiva.
A UE tem lutado para concordar em impor o embargo de petróleo à Rússia, com vários países-membros expressando preocupações de que a medida se torne fatal para suas economias.
Estação receptora do oleoduto petrolífero Druzhba entre a Hungria e a Rússia com placa memorial de sua construção, localizada perto da cidade de Szazhalombatta, Hungria, 5 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Panorama internacional
Bloomberg: Comissão Europeia propõe adiar embargo a petróleo da Rússia que passa por oleoduto
A Hungria, que recebe a maior parte de seu petróleo da Rússia, tem sido o oponente mais proeminente do embargo, comparando o efeito potencial de uma proibição total a "uma bomba atômica".
Preocupações semelhantes sobre o embargo foram expressas por outras nações sem litoral, como a República Tcheca e a Eslováquia.
Os diplomatas da UE teriam tentado chegar a uma solução de compromisso para o impasse das sanções, iniciando o embargo com a proibição de entregas de petróleo russo por mar, isentando os oleodutos das possíveis restrições.
A tentativa, no entanto, aparentemente falhou, com os países da UE agora prontos para tentar chegar a um acordo sobre as restrições durante a cúpula marcada para segunda (30) e terça-feira (31).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала