Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Trump diz ter advertido aliados da OTAN que EUA 'não os vão proteger' se não aumentarem gastos

© AP Photo / John RaouxO ex-presidente dos EUA Donald Trump fala na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), em 26 de fevereiro de 2022, em Orlando, na Flórida
O ex-presidente dos EUA Donald Trump fala na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), em 26 de fevereiro de 2022, em Orlando, na Flórida - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Nos siga noTelegram
Quando Donald Trump era presidente dos EUA, ele fez questão de exigir que os parceiros da OTAN na União Europeia (UE) aumentassem seus gastos com a defesa e cumprissem a meta de 2% do PIB, alegando que a Europa estava aproveitando e usando as capacidades dos EUA sem contribuir com a sua parte.
O ex-presidente dos EUA Trump diz ter ameaçado os aliados da OTAN que não iria ajudá-los em caso de conflito com a Rússia se eles não aumentassem os gastos militares.
Donald Trump disse a seus apoiadores em um comício neste sábado (28) no estado norte-americano de Wyoming que, ao contrário de seus antecessores, ele foi direto em admitir que Washington não iria ajudar a OTAN.
"Vocês estão falhando, vocês devem bilhões e bilhões de dólares", disse alegadamente Trump aos países europeus. Ao ser perguntado por um membro da OTAN se "isso quer dizer que se não pagarmos na íntegra e formos atacados pela Rússia, isso significa que vocês não vão nos proteger?", Trump disse que respondeu: "Sim, não protegeremos vocês".
O ex-presidente afirmou que depois disso o dinheiro veio de membros europeus da Aliança militar e que ele "fê-los pagar 430 bilhões de dólares à OTAN".
Trump afirmou que o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, era alegadamente seu "maior fã".
Ex-embaixador da Rússia nos EUA, Michael McFaul - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Panorama internacional
Ex-embaixador dos EUA na Rússia diz que Washington mentiu à Ucrânia sobre sua adesão à OTAN
No início desta semana, Stoltenberg disse que o novo Conceito Estratégico da OTAN, que deverá ser adotado no próximo mês de junho na Cúpula de Madri, deixará de definir a Rússia como parceiro estratégico do bloco. A China está para ser incluída no documento como uma ameaça, acrescentou Stoltenberg.
Moscou tem repetidamente afirmado que a OTAN é uma aliança que visa o confronto.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала