Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Japão planeja 'aumentar drasticamente' capacidades militares em meio a tensões na Ásia Oriental

© AP Photo / Itsuo InouyeNavio de escolta da Força de Autodefesa Marítima do Japão lidera outras embarcações nas águas de Sagami, ao sul de Tóquio. Foto de arquivo
Navio de escolta da Força de Autodefesa Marítima do Japão lidera outras embarcações nas águas de Sagami, ao sul de Tóquio. Foto de arquivo - Sputnik Brasil, 1920, 28.05.2022
Nos siga noTelegram
O Japão planeja aumentar "drasticamente" suas capacidades militares ante o surgimento de possíveis situações de instabilidade na região da Ásia Oriental, aponta a agência Reuters após ter acesso a um projeto de política econômica do país.
"Vamos reforçar drasticamente as capacidades de defesa, que serão a última garantia para a segurança nacional", diz o projeto do documento.
O projeto, um esquema econômico a longo prazo que é atualizado anualmente, não fornece detalhes sobre as despesas, mas indica pela primeira vez que "houve tentativas de alterar unilateralmente o status quo pela força na Ásia Oriental, tornando a segurança regional uma questão cada vez mais aguda", aponta agência.
O documento não especifica as ameaças à segurança na região, mas os planejadores militares do Japão têm repetidamente expressado preocupações em relação à China, com a qual Tóquio tem uma disputa territorial de longa data, e a Coreia do Norte.
December 24, 2016 shows the Liaoning, China's only aircraft carrier, sailing during military drills in the Pacific - Sputnik Brasil, 1920, 23.05.2022
Japão detecta grupo de navios chineses perto da ilha de Okinawa em meio a tensões no Pacífico
Nesta quinta-feira (26), antigo premiê japonês Shinzo Abe propôs gastos em defesa de quase 7 trilhões de ienes (R$ 285 bilhões) para o próximo ano fiscal, um valor acima do orçamento inicial deste ano de 5,4 trilhões de ienes (R$ 223 bilhões) à luz dos crescentes gastos militares da China e das ameaças de mísseis da Coreia do Norte, segundo a Nippon TV.
O atual primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, não revelou em quanto quer aumentar os gastos militares para o ano fiscal que começa em abril de 2023.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала