Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Biden 'descobre' novo aliado e afirma que Coreia do Norte apoiou sanções contra a Rússia

© AFP 2022 / Chip Somodevilla / Getty Images North America / HandoutJoe Biden, presidente dos EUA, fala no Estádio de Memorial da Academia Naval do país em Annapolis, Maryland, EUA, 27 de maio de 2022
Joe Biden, presidente dos EUA, fala no Estádio de Memorial da Academia Naval do país em Annapolis, Maryland, EUA, 27 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 28.05.2022
Nos siga noTelegram
A Coreia do Norte foi um dos cinco países que votaram contra a resolução das Nações Unidas condenando a operação militar especial da Rússia na Ucrânia, mas isso não impediu Joe Biden de a confundir com um país aliado.
Joe Biden, presidente dos EUA, voltou a cometer uma gafe na sexta-feira (27), enquanto falava na Academia Naval no estado de Maryland.
Durante o discurso, no qual voltou a atacar a Rússia e seu presidente Vladimir Putin pela operação especial na Ucrânia, ele declarou que a Coreia do Norte se juntou às sanções contra a Rússia.
"Alguém pensou que quando apelei a favor de sanções contra a Rússia, além da OTAN, a Austrália, Japão, Coreia do Norte, alguns dos países [da Associação de Nações do Sudeste Asiático] se ergueriam e apoiariam essas sanções?", perguntou Biden ao público, aparentando se querer referir à Coreia do Sul, ou Taiwan.
A Coreia do Norte foi um dos países que votou contra a resolução das Nações Unidas condenando a operação militar especial da Rússia na Ucrânia, que contou ainda com mais quatro votos contra e 35 abstenções. A própria Pyongyang considera que "a raiz da crise da Ucrânia está na política hegemônica dos EUA e do Ocidente, que se revela na arbitrariedade e abuso de poder contra outros países".
Presidente dos EUA, Joe Biden - Sputnik Brasil, 1920, 11.02.2022
Panorama internacional
Joe Biden confunde Ucrânia com Afeganistão durante entrevista (VÍDEO)
O presidente americano ainda tentou dizer que as ações de Putin foram "uma tentativa de, para usar minha expressão, finlandizar toda a Europa, fazer com que ela fosse toda neutra. Em vez disso, ele OTANizou toda a Europa", em referência à política da Finlândia de não-alinhamento militar durante a época da Guerra Fria.
Sem se limitar a uma gafe, Joe Biden também pronunciou mal a palavra "finlandizar", em vez disso dizendo "fingalizar".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала