Força Aérea dos EUA começa a receber novo conjunto de asas para jatos de ataque A-10

© Foto / US Air Force/Master Sgt. William GreerCaça-bombardeiro norte-americano A-10 Thunderbolt II
Caça-bombardeiro norte-americano A-10 Thunderbolt II - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com a Força Aérea, a Boeing iniciou a entrega dos novos conjuntos de asas para a frota de jatos de ataque A-10 Thunderbolt II.
A Força Aérea começou a trabalhar na substituição das asas dos A-10s para os manter voando por mais tempo. A Boeing informou que a aeronave tem um importante papel na Força Aérea norte-americana e que tem o orgulho de “estender nosso legado de apoio ao Thunderbolt e à sua missão”.
Com isso, a empresa entregou o conjunto de asas no início deste mês, começando a integração de aeronaves.
Cada kit consiste de conjuntos de asa externa e central, superfícies de comando e kit de integração na fuselagem.
Um B-52H Stratofortress do 419º Esquadrão de Testes de Voo decola da Base Aérea de Edwards, na Califórnia, nos EUA (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Força Aérea dos EUA comemora sucesso em teste de armas hipersônicas: 'Grande conquista'
De acordo com a empresa, o novo conjunto de asas oferece maior durabilidade, eficiência e facilidade de manutenção, podendo estender a vida útil das aeronaves para 10 mil horas.
Em 2019, a Boeing recebeu um contrato para fornecer 50 conjuntos de asas para os A-10, já que estas aeronaves sofrem com problemas de fadiga estrutural há anos.
Hoje, o A-10 é o único avião de ataque dedicado da frota dos EUA, e por isso, segue recebendo atualizações e reparos de longo prazo.
A aeronave conta com canhão GAU-8/A de 30 milímetros, instalado no nariz, além de uma série de contramedidas eletrônicas e capacidade de transportar armas ar-terra guiadas a laser e mísseis AGM-65, Maverick e AIM-9.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала