Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Washington é 'hipócrita' e 'fracassará' ao tentar isolar Rússia, indica mídia americana

© AP Photo / Susan WalshA bandeira dos Estados Unidos sobre a Casa Branca aparece a meio mastro em referência à marca de um milhão de mortes por COVID-19 no país, Washington, 12 de maio de 2022
A bandeira dos Estados Unidos sobre a Casa Branca aparece a meio mastro em referência à marca de um milhão de mortes por COVID-19 no país, Washington, 12 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.05.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com a mídia norte-americana Politico, as tentativas de Washington de isolar a Rússia "fracassarão" devido à divergência de opiniões da comunidade internacional.
A mídia destaca que enquanto Washington e seus aliados avaliam o conflito entre Moscou e Kiev como uma questão de independência da Ucrânia e da "ordem mundial baseada em regras" criadas pelos EUA, para grande parte do mundo, a resposta à operação russa não é tão direta.
Desta forma, ao tentar proteger seus próprios interesses ou defender sua visão do mundo, diversos países, como Índia, Brasil, México, Turquia, Indonésia e África do Sul, optaram por não cumprir as exigências norte-americanas contra a Rússia.
A maior parte dos países observa a atual situação com um conflito regional, mas não destacam o papel da OTAN na escalada das tensões na Europa.
Da esquerda para a direita, Abdullatif al-Zayani, primeiro-ministro das Relações Exteriores do Bahrein; Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel; Donald Trump, presidente dos EUA, e Abdullah bin Zayed, primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos (EAU), durante cerimônia de assinatura dos acordos de Abraão, tratados de paz mediados por Washington e assinados entre Tel Aviv, Manama e Dubai, em Washington, EUA, 15 de setembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 25.05.2022
Panorama internacional
EUA estariam mediando acordo para normalizar relações entre Arábia Saudita, Egito e Israel
Mesmo com as ameaças de Washington, os países tentam se manter neutros e não buscam utilizar a crise "como uma oportunidade de isolar ou enfraquecer a Rússia", afirma a mídia.
O Politico ainda destaca que os argumentos estadunidenses parecem ser "hipócritas" devido ao histórico dos EUA, que se "desfaz" de seus princípios apenas "quando parece conveniente" para eles, assim como fez em Kosovo, no Iraque e na Líbia.
"Washington tem o péssimo costume de supor que, com uma quantidade adequada de pressão ou com incentivos, outros Estados se juntarão aos EUA, enquanto tenta resolver um problema, manipular uma crise ou castigar um agressor [...] contudo, a política internacional é mais complicada que isso", destaca.
Por fim, a mídia afirma que os EUA não podem esperar um sacrifício global de interesses apenas para defender as normas globais que os próprios norte-americanos "ignoram" de maneira oportuna.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала