Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mídia: Israel adverte seus diplomatas a não participarem de eventos com Taiwan por temer China

© AFP 2022 / Debbie HillO ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, fala durante uma coletiva de imprensa no Ministério das Relações Exteriores em Jerusalém, em 24 de abril de 2022
O ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, fala durante uma coletiva de imprensa no Ministério das Relações Exteriores em Jerusalém, em 24 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2022
Nos siga noTelegram
Alto funcionário do MRE de Israel teria enviado mensagem a diplomatas isralenses em todo mundo pedindo que os mesmos não convidem colegas taiwaneses para eventos ou que atendam a convites feitos pelo governo de Taipé por temer reação chinesa.
Em uma aparente tentativa de evitar conflitos diplomáticos com a China, o Ministério das Relações Exteriores de Israel instruiu seus representantes em todo o mundo a se abster de convidar diplomatas taiwaneses para eventos oficiais ou participar de eventos organizados por Taiwan, segundo o The Times of Israel.
Em uma ação mais específica, uma mensagem compartilhada pelo diretor do Departamento da Ásia-Pacífico israelense, Hagai Shagrir, advertiu aos diplomatas a não convidarem seus colegas taiwaneses para eventos realizados recentemente como o 74º Dia da Independência de Israel ou participar de eventos em torno do Dia da Independência de Taiwan, comemorado em outubro, segundo a mídia.
A mensagem de Shagrir observou a sensibilidade em torno da questão China-Taiwan e esclareceu que os representantes não devem realizar reuniões oficiais com diplomatas taiwaneses em público ou em embaixadas israelenses ou quaisquer outras instalações oficiais.
No documento, citado pelo jornal, não há descrita uma mudança na política oficial de Israel perante a China, mas sim um esclarecimento das diretrizes existentes.
U.S. Secretary of State Antony Blinken, accompanied by Israeli Foreign Minister Yair Lapid, speaks at bilateral meeting at the State Department in Washington, U.S., October 13, 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 14.10.2021
EUA advertem Israel contra 'riscos aos interesses comuns' por projetos com China

Pequim e Tel Aviv

Ultimamente, Israel tenta manter fortes laços políticos e econômicos com a China, sem irritar os EUA, seu aliado mais próximo.
Dados publicados pelo Escritório Nacional de Estatísticas de Israel, citados pela mídia, indicaram que em 2021 os produtos chineses se tornaram a maior fonte de importações israelense, superando até os norte-americanos.
No início deste ano, Israel e China realizaram um comitê conjunto sobre cooperação em inovação, liderado pelo ministro das Relações Exteriores, Yair Lapid, e pelo vice-presidente chinês, Wang Qishan. O comitê concordou com um plano de três anos para regular a cooperação e o diálogo entre os países até 2024.
Um contêiner está sendo movido por um guindaste no porto de Haifa, Israel, em 8 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 03.09.2021
China começa a operar no porto de Haifa; poderia tal fato abalar relação entre EUA e Israel?
Enquanto gradualmente fortalece os laços com Pequim, o governo israelense também notificou o governo Biden de que manterá a Casa Branca informada sobre acordos significativos que fechar com o gigante asiático e está preparado para reexaminar esses acordos se os EUA levantarem oposição.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала