Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA usam aliados da OTAN para fornecer mísseis antinavio Harpoon à Ucrânia

© Sgt. Akeel AustinMilitares norte-americanos carregam mísseis AGM-84D Harpoon ao F/A-18 Hornet na Estação Aérea de Iwakuni, no Japão
Militares norte-americanos carregam mísseis AGM-84D Harpoon ao F/A-18 Hornet na Estação Aérea de Iwakuni, no Japão - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2022
Nos siga noTelegram
A Dinamarca fornecerá uma quantidade desconhecida de mísseis e lançadores antinavio Harpoon à Ucrânia, anunciou o secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin.
Anteriormente, já haviam sido divulgados rumores e planos dos EUA de enviar mísseis antinavio a Kiev, que permitem atingir a Frota russa do Mar Negro, mas na ocasião, como é típico dos norte-americanos, estes negaram os planos divulgados pelo governo ucraniano, afirmando que não havia qualquer intenção de enviar essas armas.
Contrariando estas declarações, e dando mais uma mostra da hipocrisia americana, o secretário de Defesa dos EUA anunciou na segunda-feira (23) que a Dinamarca enviaria estes mísseis a Kiev, ou seja, o governo Biden manda "seus capangas" fazerem o serviço, para manter a aparência de "mocinho do Velho Oeste".
O presidente dos EUA, Joe Biden, e o presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, realizam uma coletiva de imprensa após reuniões na Casa do Povo, em Seul, 21 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Panorama internacional
'Destruidor da paz mundial': Biden é recebido sob protestos na Coreia do Sul, diz mídia
Oficialmente, os americanos afirmaram que os mísseis serão enviados para ajudar a "defender a linha costeira ucraniana".
Os 47 países dispostos a fornecer armas a Kiev fizeram uma reunião "altamente construtiva" e chegaram a uma "posição comum" sobre as necessidades da Ucrânia.
Além dos mísseis que serão enviados pela Dinamarca, os ucranianos ainda receberão helicópteros de ataque, tanques e sistemas lançadores de foguetes da República Tcheca.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала