Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Nem fronteiras nem barreiras': Kiev e Varsóvia fecham acordo de controle aduaneiro conjunto

© AP Photo / Efrem LukatskyPresidente ucraniano, Vladimir Zelensky, com o presidente polonês, Andrzej Duda, durante coletiva após sua reunião em Kiev, Ucrânia, 22 de maio de 2022
Presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, com o presidente polonês, Andrzej Duda, durante coletiva após sua reunião em Kiev, Ucrânia, 22 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 23.05.2022
Nos siga noTelegram
Ucrânia e Polônia decidiram neste domingo (22) estabelecer controle aduaneiro conjunto, assim como uma série de outras iniciativas com as quais buscam fortalecer os laços entre ambas as nações.
Os avanços foram anunciados durante a visita do presidente polonês, Andrzej Duda, a Kiev.

"Não deveria haver fronteiras nem barreiras entre nós. As nações ucraniana e polonesa não estão separadas mentalmente há muito tempo. Assim, acordamos pôr isso em um futuro próximo no acordo bilateral correspondente. Primeiro sobre o controle fronteiriço e aduaneiro conjunto e, mais tarde, sobre a fronteira condicional, quando a Ucrânia se tornar membro da União Europeia", anunciou o presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, ao discursar na Suprema Rada, parlamento da Ucrânia.

Em mensagem à nação gravada posteriormente, Zelensky ressaltou que esse passo "está revolucionando a ordem" na fronteira ocidental da Ucrânia, dado que acelerará significativamente as rotas, acabando com "a maioria dos riscos de corrupção". O presidente ucraniano sublinhou também se tratar do início da integração de Kiev no espaço aduaneiro comum da UE.
Por sua vez, Duda constatou em seu discurso ante a Suprema Rada que só a Ucrânia deve decidir o futuro dela. "Nada sobre você sem você", acentuou. Além do mais, instou igualmente à celebração de um novo acordo de boa vizinhança que ponha em evidência a evolução das relações entre Kiev e Varsóvia "nos últimos meses" em meio ao atual conflito entre a Ucrânia e a Rússia.
Secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, ao centro, e o ministro da Defesa da Polônia, Mariusz Blaszczak, em primeiro plano, apertam as mãos de soldados, durante uma visita às tropas dos EUA estacionadas na Base Aérea de Powidz, na Polônia, em 18 de fevereiro de 2022.  - Sputnik Brasil, 1920, 12.05.2022
Panorama internacional
Biden utiliza Polônia como pretexto para começar guerra com Rússia, afirma coronel americano

Status jurídico especial para os poloneses na Ucrânia

Entre outros êxitos alcançados durante a visita de Duda, destaca-se a decisão da Ucrânia de conceder aos cidadãos poloneses um status jurídico especial. Zelensky explicou que está sendo preparado um projeto preliminar de lei que seja um reflexo das medidas adotadas por Varsóvia para os refugiados ucranianos que aproveitam de fato e de jure as mesmas oportunidades que os locais.
"Que assim seja para que os cidadãos da Polônia nunca tenham de usar uma lei como esta, mas mostramos a nossa gratidão e o nosso respeito", afirmou Zelensky.
Segundo os últimos dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), mais de 6,4 milhões de ucranianos fugiram do seu país desde o início da operação militar russa. A Polônia ocupa o primeiro lugar no fluxo de refugiados ucranianos, já tendo recebido mais de 3,4 milhões de pessoas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала