Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mídia americana adverte contra nova expansão da OTAN em meio à operação especial na Ucrânia

© AP Photo / Johanna GeronBandeiras da Finlândia (à esquerda), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN, no centro) e da Suécia durante cerimônia de comemoração de inscrição à adesão à aliança militar em Bruxelas, Bélgica, 18 de maio de 2022
Bandeiras da Finlândia (à esquerda), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN, no centro) e da Suécia durante cerimônia de comemoração de inscrição à adesão à aliança militar em Bruxelas, Bélgica, 18 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 22.05.2022
Nos siga noTelegram
Uma assessora de política externa do Congresso dos EUA falou dos perigos associados a uma adesão da Finlândia e da Suécia da OTAN e sugeriu a usar para acabar com o conflito na Ucrânia.
A expansão da OTAN pode piorar muito a situação na Europa e aumentar as chances de um conflito global, argumentou Diana Ohlbaum, assessora de política externa do Congresso dos EUA.
Ela afirmou em um artigo de sábado (22) no jornal The Hill que embora o desejo de expandir a OTAN tenha sido uma resposta natural às ações de Vladimir Putin, presidente da Rússia, isso não é do interesse dos EUA, dos países ocidentais ou de outros Estados.
Ohlbaum chamou a adesão da Finlândia e da Suécia à OTAN de "míope e perigosa", sublinhando que eles só prolongam o conflito na Ucrânia, encorajam Vladimir Zelensky a aumentar as exigências para o reinício das conversações de paz, retiram incentivos a Putin para acabar com a operação especial na Ucrânia e aumentam a possibilidade do uso de armamentos nucleares táticos, o que poderia ocorrer a nível mundial.
O presidente Joe Biden fala no Rose Garden da Casa Branca em Washington, durante uma recepção para celebrar o Mês do Patrimônio Ásio-Americano, Nativo do Havaí e das Ilhas do Pacífico, em 17 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.05.2022
Panorama internacional
Biden diz apoiar pedidos da Suécia e Finlândia para adesão à OTAN, os chama de 'históricos'
Ohlbaum crê que a estratégia dos EUA na Ucrânia já está criando riscos desnecessários. Apesar do fato de que o fim do conflito deveria ser uma prioridade para Washington, atualmente ele faz exatamente o contrário, afirmou a assessora de política externa, ao enviar mais armas para a Ucrânia, fornecendo inteligência para atacar forças russas, e retórica agressiva.

"Lloyd Austin, secretário de Defesa, descreveu o objetivo dos EUA como tornando 'a Rússia fraca, de tal maneira que não seja capaz de fazer coisas como as que tem feito' na Ucrânia, enquanto os líderes democratas pedem uma 'vitória' militar direta", lembrou Ohlbaum.

Ohlbaum sugeriu que em vez de acrescentar mais dois membros à OTAN e alargar sua fronteira com a Rússia, os EUA e o mundo precisam de uma nova arquitetura de segurança, que seria integrada não só pela Europa, mas eventualmente também pela Rússia.
A alta funcionária propôs que a adesão da Ucrânia, Finlândia e Suécia à OTAN esteja na mesa de negociações com Moscou como parte de um esforço mais amplo para acabar com o conflito, e ao mesmo tempo tratar "das legítimas preocupações de segurança da Rússia".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала