Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Turquia insta Suécia a deixar de apoiar 'organizações terroristas'

© AFP 2022 / Adem AltanRecep Tayyip Erdogan, presidente turco, durante discurso em Ancara, Turquia, 18 de maio de 2022
Recep Tayyip Erdogan, presidente turco, durante discurso em Ancara, Turquia, 18 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Nos siga noTelegram
Na quarta-feira (18) a Suécia e a Finlândia declararam sua vontade de aderir à Aliança Atlântica, mas a Turquia exige cessar o apoio a organizações curdas, que considera terroristas.
Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia, disse durante uma conversa telefônica com Magdalena Andersson, primeira-ministra da Suécia, que é necessário parar de apoiar organizações terroristas e levantar as restrições impostas por Estocolmo a Ancara na indústria da defesa, disse no sábado (21) o escritório presidencial.
Na quarta-feira (18) a Finlândia e a Suécia entregaram seus pedidos de adesão à OTAN a Jens Stoltenberg, secretário-geral da aliança.
O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, em coletiva de imprensa em Moscou. - Sputnik Brasil, 1920, 19.05.2022
Panorama internacional
Por que Turquia se opõe à entrada de Finlândia e Suécia na OTAN e o que Rússia tem a ver com isso?
Ancara, por sua vez, informou seus aliados da OTAN que não aceitaria a adesão devido a seu apoio aberto ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em curdo) e à milícia Unidades de Proteção Popular (YPG, na sigla em curdo), que são consideradas organizações terroristas pela Turquia. Ann Linde, ministra das Relações Exteriores da Suécia, lembrou que o país nórdico foi um dos primeiros a listar o PKK como uma organização terrorista em 1984.
"O presidente Erdogan salientou que o apoio político, financeiro e de armas que a Suécia tem prestado às organizações terroristas deveria cessar [...] O presidente Erdogan declarou ainda que as restrições impostas pela Suécia à Turquia na indústria de defesa após a Operação Primavera de Paz, que a Turquia teve que lançar [em 2019] devido à ameaça terrorista proveniente da Síria contra a Turquia, também deveriam ser levantadas", sublinhou o escritório em uma declaração.
Também no sábado (21), Stoltenberg conversou com Erdogan sobre a questão.
"Falei com o presidente Erdogan, de nosso estimado aliado Turquia, sobre a importância da Porta Aberta da OTAN e os pedidos de adesão da Finlândia e da Suécia. Concordamos que as preocupações de segurança de todos os Aliados devem ser levadas em conta, e as conversações devem continuar a encontrar uma solução", escreveu o secretário-geral do bloco militar no Twitter.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала